Busca avançada
Ano de início
Entree

Conversão de sistemas de classificação em ontologias: análise de viabilidade

Processo: 15/17299-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2015
Vigência (Término): 31 de outubro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Ciência da Informação - Biblioteconomia
Pesquisador responsável:Walter Moreira
Beneficiário:André Felipe Pereira da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Marília. Marília , SP, Brasil
Assunto(s):Sistemas de classificação   Classificação Decimal de Dewey   Ontologias (organização da informação)   Organização do conhecimento   OWL

Resumo

Os sistemas de classificação bibliográfica encontram-se entre os mais bem sucedidos sistemas de organização do conhecimento. Embora tenham surgido no final do século XIX e ainda sejam largamente utilizados, já foram questionados, principalmente no pós-Guerra, a respeito de sua capacidade de dar conta do tratamento da informação em crescimento exponencial. Nesse momento, o tesauro surgiu como instrumentos mais flexível e mais rico em termos da tipologia de relações conceituais que abrigava. Em finais do século XX, o aumento na quantidade de informação em recursos digitais provoca novos questionamentos. Nesse cenário, novos propostas, como as ontologias, obrigam a questionar a eficácia dos sistemas de classificação no cenário digital e provoca o questionamento sobre as relações de semelhança, oposição e identidade entre esses dois sistemas de organização do conhecimento. Desse modo, propõe-se como objetivo geral para essa projeto de pesquisa verificar a viabilidade teórico-prática da conversão de sistemas de classificação bibliográfica em ontologias. De modo específico objetiva-se: a) compreender a tipologia das relações conceituais encontradas na CDD; b) compreender as modalidades de descrição das relações conceituais possibilitadas pela linguagem Web Ontology Language (OWL) e c) formalizar as relações conceituais identificadas na CDD em linguagem OWL, e verificar a adequação mútua entre os recursos. Para tanto serão adotados, em síntese, os seguintes procedimentos metodológicos: a) identificação e mapeamento da tipologia de relações conceituais presentes na CDD; b) criação de ontologia que formalize, em linguagem OWL, por meio do Protégé, as relações conceituais identificadas na CDD. Os dados serão comparados em termos da consistência das relações conceituais da CDD e da ontologia gerada tomando-se como base a tipologia e as definições das relações conceituais apresentadas na norma ISO 25964. (AU)