Busca avançada
Ano de início
Entree

Biosusceptometria AC aplicada à detecção de nanopartículas magnéticas para diagnóstico e terapia alvo

Processo: 15/14914-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2015
Vigência (Término): 30 de junho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Biofísica de Processos e Sistemas
Pesquisador responsável:José Ricardo de Arruda Miranda
Beneficiário:Caio César Quini
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):17/00842-2 - Desenvolvimento de um sistema BAC para detecção e quantificação de danos às fibras nervosas, BE.EP.PD
Assunto(s):Nanopartículas magnéticas   Instrumentação biomédica

Resumo

A nanotecnologia oferece novas alternativas para o diagnóstico e o tratamento de diferentes tipos de câncer e em diferentes estágios, graças à extraordinária versatilidade destes nano-agentes. No entanto, as vantagens oferecidas pelo potencial teranóstico das nanopartículas (NPs) são limitadas pela falta de uma técnica apropriada de detecção, capaz de explorar adequadamente as propriedades intrínsecas destes nanocarreadores. Assim, o objetivo principal deste projeto é propor a otimização e aplicação da Biosusceptometria AC (BAC) para detecção e monitoramento in vivo do acúmulo de nanopartículas magnéticas (MNPs) no tecido tumoral. Este sistema, extensamente aplicado para estudos de propriedades fisiológicas do Trato Gastrintestinal (TGI), oferece uma alternativa acessível, portátil e versátil para o monitoramento de MNPs em órgãos de interesse. Desta forma, neste projeto, pretendemos validar o sistema BAC como ferramenta de detecção e monitoramento de acúmulo tumoral de nanopartículas magnéticas em camundongos. Além disso, a partir da otimização do processo de acúmulo das partículas no tumor destes animais por alterações no revestimento destas NPs, pretendemos utilizar a técnica de Biosusceptometria AC para otimizar protocolos de tratamento de tumores por hipertermia magnética (HT). O sistema BAC pode fornecer informações em tempo real sobre a concentração de nanopartículas em órgãos de interesse. Como o tratamento por hipertermia magnética depende diretamente da quantidade de NPs na região a ser tratada, o monitoramento em tempo real da concentração de MNPs pode maximizar a entrega de calor na região tumoral e amplificar a eficácia do tratamento.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
QUINI, CAIO C.; PROSPERO, ANDRE G.; KONDILES, BETHANY R.; CHABOUB, LESLEY; HOGAN, MATTHEW K.; BAFFA, OSWALDO; BAKUZIS, ANDRIS F.; HORNER, PHILIP J.; MIRANDA, JOSE R. A. Development of a protocol to assess cell internalization and tissue uptake of magnetic nanoparticles by AC Biosusceptometry. Journal of Magnetism and Magnetic Materials, v. 473, p. 527-533, MAR 1 2019. Citações Web of Science: 1.
QUINI, CAIO C.; PROSPERO, ANDRE G.; CALABRESI, MARCOS F. F.; MORETTO, GUSTAVO M.; ZUFELATO, NICHOLAS; KRISHNAN, SUNIL; PINA, DIANA R.; OLIVEIRA, RICARDO B.; BAFFA, OSWALDO; BAKUZIS, ANDRIS F.; MIRANDA, JOSE R. A. Real-time liver uptake and biodistribution of magnetic nanoparticles determined by AC biosusceptometry. Nanomedicine-Nanotechnology Biology and Medicine, v. 13, n. 4, p. 1519-1529, MAY 2017. Citações Web of Science: 9.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.