Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise de flexibilidade em problemas de dimensionamento de lotes

Processo: 15/18325-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2016
Vigência (Término): 31 de março de 2017
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Produção - Pesquisa Operacional
Pesquisador responsável:Silvio Alexandre de Araujo
Beneficiário:Diego Jacinto Fiorotto
Supervisor no Exterior: Raf Jans
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : École des Hautes Études Commerciales (HEC Montréal), Canadá  
Vinculado à bolsa:14/22816-5 - Análise de flexibilidade em problemas de dimensionamento de lotes, BP.PD
Assunto(s):Programação linear inteira mista   Dimensionamento de lotes

Resumo

Conforme previsto, Até o presente estágio do pós-doutorado, foram iniciados os estudos de flexibilidade para problemas de dimensionamento de lotes. A primeira fonte de flexibilidade que estamos trabalhando é a flexibilidade de máquinas. No problema padrão de dimensionamento de lotes em máquinas paralelas, cada item pode ser produzido em qualquer uma das máquinas e incorre um custo e tempo de preparação antes da produção. Neste caso, têm-se a flexibilidade total de máquinas. No entanto, na prática, pode ser muito caro instalar máquinas que têm flexibilidade total, especialmente se os produtos são muito diferentes. Portanto, pode ser interessante implementar apenas uma quantidade limitada de flexibilidade (cada uma das máquinas podem produzir apenas alguns tipos de itens). Estamos estudando o valor da flexibilidade de máquinas em modelos de dimensionamento de lotes com o intuito de determinar qual seria a melhor configuração de flexibilidade para um determinado orçamento, de maneira a balancear os benefícios e os custos da flexibilidade. Neste projeto de pesquisa pretende-se finalizar os estudos iniciais relativos à flexibilidade de máquinas e estudar uma extensão para o problema, em que considera-se clientes distribuídos em torno de diferentes fábricas, de forma que existem também custos de distribuição. Além disso, vamos iniciar as análises de uma segunda fonte de flexibilidade que é a flexibilidade da lista de materiais. Neste caso, considera-se um problema de dimensionamento de lotes com produto final que pode ser produzido através da mistura de diferentes ingredientes. A lista de materiais indica quais os componentes (ou ingredientes) são usados e em quais proporções. Em alguns processos produtivos há certa flexibilidade no que diz respeito à proporção imposta para cada um dos ingredientes, que pode variar entre um nível mínimo e máximo, em vez de ser fixa. Isso proporciona flexibilidade no processo de planejamento da produção.