Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel dos mecanismos de reparo de DNA na resposta de Pseudomonas aeruginosa aos antimicrobianos ciprofloxacina e ceftazidima

Processo: 15/18886-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2015
Vigência (Término): 30 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Rodrigo da Silva Galhardo
Beneficiário:Letícia Busato Migliorini
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):16/18979-1 - MECANISMOS DE REPARO DE DNA E MUTAGÊNESE NA RESPOSTA DE Pseudomonas aeruginosa À BETA-LACTÂMICOS, BE.EP.MS
Assunto(s):Pseudomonas aeruginosa   Farmacorresistência bacteriana

Resumo

A alta da incidência de isolados multi-resistentes de Pseudomonas aeruginosa tem preocupado a comunidade médica e científica. Também está relacionada à alta mortalidade em pacientes com fibrose cística. A terapia antimicrobiana inapropriada e a presença de concentrações sub-letais de fármacos no ambiente tem sido associadas com a indução da mutagênese, resistência bacteriana, e seleção de mutantes adaptados ao estresse. As mutações podem ser provocadas por agentes exógenos como antimicrobianos ou resultantes do próprio metabolismo quando o organismo é exposto a um estresse. Os antimicrobianos Ceftazidima e a Ciprofloxacina, ao causarem indiretamente ou diretamente danos ao DNA podem ativar o sistema SOS, o qual expressa genes que codificam as polimerases de baixa fidelidade. Neste caso a replicação do DNA continua mesmo na presença da lesão no genoma, podendo originar as mutações. O operon imuAB dnaE2 está presente em P.aeruginosa, e vem sendo relacionado com aumento das taxas de mutações e resistência a drogas em Caulobacter crescentus. A função este operon ainda não foi avaliada em P. aeruginosa. Nesse sentido, é importante estudar a natureza dos mecanismos de mutagênese induzida pelos antimicrobianos Ciprofloxacina e Ceftazidima, avaliando a resposta SOS frente à ²-lactâmicos e a função das DNA polimerases propensas a erros. Outros mecanismos de reparo de DNA também serão investigados. Estes estudos implicam na identificação de alvos para desenho de fármacos que podem aumentar a eficácia do tratamento ou reduzir o risco de desenvolvimento de resistência.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MIGLIORINI, LETICIA BUSATO; BRUGGEMANN, HOLGER; DE SALES, ROMARIO OLIVEIRA; MARIKO KOGA, PAULA CELIA; DE SOUZA, ANDREA VIEIRA; VALLE MARTINO, MARINES DALLA; GALHARDO, RODRIGO S.; SEVERINO, PATRICIA. Mutagenesis Induced by Sub-Lethal Doses of Ciprofloxacin: Genotypic and Phenotypic Differences Between the Pseudomonas aeruginosa Strain PA14 and Clinical Isolates. FRONTIERS IN MICROBIOLOGY, v. 10, JUL 10 2019. Citações Web of Science: 0.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MIGLIORINI, Letícia Busato. Papel dos mecanismos de reparo de DNA na resposta de Pseudomonas aeruginosa aos antimicrobianos Cirprofloxacina e Ceftazidima.. 2017. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.