Busca avançada
Ano de início
Entree

Formando leitores no ensino de outra língua: uma análise de representações de leitura compartilhadas por professores de língua espanhola

Processo: 15/02786-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2015
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Teoria e Análise Lingüística
Pesquisador responsável:Luzmara Curcino Ferreira
Beneficiário:Rafael Borges Ribeiro dos Santos
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):História cultural   Letramento   Leitura   Língua espanhola   Análise do discurso

Resumo

No atual contexto mundial, em que o acesso e a troca de informações nas mais diversas línguas e culturas, por razões políticas, técnicas e culturais, tornaram-se mais frequentes, aprender uma outra língua e/ou saber ler textos em língua estrangeira tem se apresentado como uma exigência e necessidade para os indivíduos e para as sociedades. Dados nosso interesse e pesquisa iniciados na graduação sobre as práticas de leitura na atualidade e nossa formação em Licenciatura em Letras (Português/Espanhol), nos propomos a aliar essas duas frentes de nossa formação e pesquisar no mestrado como se tem dado o trabalho com a habilidade de leitura no ensino de Língua espanhola em escolas brasileiras. Assim, buscaremos levantar junto a professores de espanhol, atuantes tanto em escolas públicas, como privadas, e também em centros de línguas no estado de São Paulo as representações que esses profissionais compartilham acerca da leitura como prática social, de modo geral, ou da leitura como habilidade específica a ser explorada nas aulas de língua estrangeira. Para tanto, elaboraremos um questionário que submeteremos a professores de espanhol atuantes em instituições de ensino, localizadas no interior do estado de São Paulo, cujas respostas nos permitirão depreender quais discursos sobre a leitura, sobre o público leitor com que atuam (os alunos para quem ensinam) e sobre as práticas leitoras que visam fomentar. Desse modo, objetivamos levantar e analisar os discursos sobre a leitura que esses profissionais compartilham e refletir sobre o funcionamento desses discursos como norteadores das atividades de ensino desenvolvidas nas aulas de língua espanhola. Com esse intuito, fundamentar-nos-emos teoricamente na Análise do Discurso de linha francesa, em estudos acerca do Letramento na área de ensino/aprendizado de língua estrangeira, e em princípios da História Cultural do livro e da leitura, de modo a analisarmos as representações que compartilham sobre a leitura, manifestas no que os professores de espanhol enunciam, no modo como fomentam essa prática e nas metodologias empregadas no ensino dessa habilidade. (AU)