Busca avançada
Ano de início
Entree

Validação de um painel de biomarcadores protéicos em espermatozóides de homens férteis e inférteis

Processo: 15/18867-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 09 de maio de 2016
Vigência (Término): 01 de novembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Ricardo Pimenta Bertolla
Beneficiário:Paula Intasqui Lopes
Supervisor no Exterior: Ashok Agarwal
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Cleveland Clinic Foundation, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:14/11493-0 - Análise proteômica confirmatória de um painel de biomarcadores seminais de alterações funcionais dos espermatozoides e de estresse oxidativo seminal, BP.DR
Assunto(s):Infertilidade masculina   Estudos de validação   Espermatozoides   Biomarcadores

Resumo

A análise seminal é essencial durante a avaliação de infertilidade e pode fornecer informação a respeito do potencial fértil do homem. Apesar disso, esse não é um método diagnóstico direto de infertilidade masculina e, por isso, métodos adicionais para sua avaliação são necessários. Nesse contexto, a análise do proteoma dos espermatozoides de homens férteis e inférteis, assim como das proteínas fosforiladas (reguladoras da função pós-testicular dos espermatozoides) alteradas em associação à infertilidade, é de suma importância.Dessa forma, a análise proteômica comparativa entre espermatozoides de homens férteis e inférteis foi realizada pelo Dr. Ashok Agarwal e colaboradores, a fim de identificar potenciais biomarcadores de infertilidade nos espermatozoides, além de estudar os mecanismos moleculares envolvidos com a infertilidade masculina. As proteínas diferencialmente expressas envolvidas com os processos biológicos mais importantes identificados no grupo fértil foram sugeridas como biomarcadores de fertilidade masculina (CCT6B, UQCRC2, GAA, NDUFS1, ATP1A4, RUVBL1, ODF2 e AK7). Por outro lado, a Histona H2B do tipo 1-A (HIST1H2BA) estava hiperexpressa no grupo infértil e, por isso, foi sugerida como biomarcador espermático dessa condição.Assim, o objetivo do presente estudo é avaliar os biomarcadores propostos, assim como suas formas fosforiladas, em espermatozoides de homens férteis e inférteis, para validar essas proteínas como biomarcadores espermáticos de fertilidade ou infertilidade masculina. Para isso, a expressão dessas proteínas será analisada por western blot, imunocitoquímica e/ou Selected Reaction Monitoring (SRM) em 20 homens férteis e 20 homens inférteis (coletados previamente e armazenados no laboratório do Dr. Agarwal), e em homens tabagistas, com varicocele, obesos ou sem fatores de infertilidade (coletados prospectivamente pelo nosso grupo para o meu trabalho de doutorado, n=60). Os dados de quantificação das proteínas serão submetidos à análise univariada (teste t de Student para amostras não pareadas) e multivariada (análises de regressão logística e curva ROC). Com esses resultados, esperamos validar essas proteínas de espermatozoides como biomarcadores efetivos de fertilidade/infertilidade, os quais serão de grande valia durante a avaliação clínica da infertilidade masculina. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
INTASQUI, P.; AGARWAL, A.; SHARMA, R.; SAMANTA, L.; BERTOLLA, R. P. Towards the identification of reliable sperm biomarkers for male infertility: A sperm proteomic approach. ANDROLOGIA, v. 50, n. 3 APR 2018. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.