Busca avançada
Ano de início
Entree

Autonomia de política macroeconômica, hierarquia internacional de moedas e soberania monetária

Processo: 15/16993-4
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de setembro de 2016
Vigência (Término): 30 de junho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Economia - Economia Internacional
Pesquisador responsável:Daniela Magalhães Prates
Beneficiário:Daniela Magalhães Prates
Pesquisador Anfitrião: P Arestis
Instituição Sede: Instituto de Economia (IE). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Cambridge, Inglaterra  
Assunto(s):Finanças internacionais
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Autonomia de política macroeconômica | Crise Financeira Global | Hierarquia internacional de moedas | Sistema monetário e financeiro internacional | Soberania monetária | Finanças internacionais

Resumo

A crise financeira global de 2008/2009 revelou que a relação entre autonomia de política macroeconômica, hierarquia internacional de moedas e soberania monetária no sistema monetário e financeiro internacional contemporâneo ainda precisa ser aprofundada. Por um lado, as iniciativas anticíclicas de política macroeconômica de várias economias emergentes ao efeito-contágio da crise sugerem que a ascensão na hierarquia internacional de moedas não é pré-condição e/ou o único caminho para o aumento do raio de manobra da política macroeconômica dos países cujas moedas posicionam-se no piso inferior dessa hierarquia. Por outro lado, a crise também mostrou que a alternativa da regionalização monetária como caminho para essa ascensão e para a superação dos dilemas associados à não emissão de uma moeda de uso internacional (adotada pelos países da periferia da área do euro) pode se revelar contraproducente ao levar à perda da soberania monetária. Esta pesquisa tem como objetivo avançar teoricamente na compreensão dessa relação num contexto histórico particular, qual seja, o sistema monetário e financeiro internacional contemporâneo. Para tanto, será elaborado um referencial analítico que integre de forma coerente duas vertentes da literatura econômica de inspiração keynesiana: a primeira sobre a hierarquia internacional das moedas e a segunda sobre a moeda soberana.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)