Busca avançada
Ano de início
Entree

Detecção de RNA do vírus da cinomose canina através de sonda de DNA por SPR ou ligada à nanopatículas de ouro

Processo: 15/20752-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2015
Vigência (Término): 30 de abril de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Claudia de Camargo Tozato
Beneficiário:Lucas Cardoso Lázari
Instituição-sede: Instituto de Biotecnologia (IBTEC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Cinomose   Técnicas de diagnóstico animal   Nanopartículas   Sondas de DNA   Técnicas biossensoriais

Resumo

A cinomose é uma doença que acomete animais carnívoros e se apresenta de forma enzoótica no mundo. A maior ocorrência e maior importância econômica estão relacionadas à infecção em cães jovens não vacinados, gerando prejuízos de ordem econômica e sanitária devido ao seu alto caráter infeccioso e endêmico. O principal meio de controle da doença é o isolamento de animais positivos, sendo necessário o diagnóstico rápido e definitivo do agente etiológico. Biossensores e nanopartículas de ouro (AuNP's), têm sido utilizados para diagnóstico de doenças. O ouro é um metal que possui grande capacidade de interagir com biomoléculas, sendo utilizado na mensuração da absorbância da ressonância de plasmon de superfície através de biosensores e mudança do índice de refração de luz, através de AuNP`s. Essas novas tecnologias demonstram ser promissoras no diagnóstico de doenças, uma vez que o resultado pode ser analisado em "tempo real" e no caso das AuNP`s, a "olho-nu". A interação entre biomoléculas mais comum utilizada é a de antígeno-anticorpo, entretanto, o uso de sondas de DNA para detecção do RNA viral possui várias vantagens sobre o uso de antígenos e anticorpos. Este projeto tem o objetivo de elaborar um método de diagnóstico rápido do CDV utilizando sondas de DNA por biosensor de ressonância plasmônica de superfíce ou ligadas às AuNP's para detecção do RNA do Vírus da Cinomose Canina em urina de cães. Serão realizadas padronizações para a ligação da sonda em ambos as técnicas e, posteriormente, as amostras de urina e RNA animal serão analisadas. Os resultados obtidos serão comparados com a técnica "padrão-ouro" de RT-qPCR. (AU)