Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da eficiência das redes de detecção de relâmpagos que cobrem a região do Vale do Paraíba

Processo: 15/17254-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2015
Vigência (Término): 31 de outubro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geofísica
Pesquisador responsável:Antonio Carlos Varela Saraiva
Beneficiário:Gabriela Santos Cardozo
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Eletricidade atmosférica

Resumo

O Brasil é coberto por redes nacionais e globais de detecção de descargas elétricas atmosféricas que usam diferentes tecnologias. Seja qual for a rede de detecção, há sempre algum tipo de perda: na aquisição do sinal ou no seu processamento. Isso acarreta, por exemplo, na perda da detecção de algumas descargas de retorno. Existem fatores que geralmente estão associados a esse tipo de perda. Dentre eles podemos citar: ganho dos sensores; ruído local; distância entre sensores. Sua localização também pode sofrer erros por conta desses fatores. Determinar a eficiência de detecção das redes permite a criação de estratégias de correção dos dados, de tal modo que quaisquer resultados proporcionados representem a realidade de maneira fidedigna. A melhor maneira de se avaliar a eficiência de uma rede é a partir da informação real de onde e quando o relâmpago aconteceu, além de sua intensidade. Como essas informações são difíceis de se obter, o método com melhor custo x benefício é a observação concomitante utilizando-se uma segunda (ou mais) técnica(s), e a posterior comparação dos resultados obtidos. Filmagens de raios vêm sendo utilizadas no mundo, inclusive no Brasil, para a validação de redes de detecção de relâmpagos. A proposta deste trabalho é avaliar a performance da nova rede BrasilDAT, além de outras redes de abrangência nacional, para os verões de 2011, 2012 e 2013. As eficiências de detecção e localização de descargas de retorno nuvem-solo dessas redes serão avaliadas com base nas informações dos vídeos provenientes da rede de câmeras RAMMER (Proc. FAPESP #2010/01742-2), na região de São José dos Campos.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.