Busca avançada
Ano de início
Entree

Descoberta e desenvolvimento de fármacos antimaláricos: Biologia Estrutural, química medicinal e parasitologia

Processo: 15/18192-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2016
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Biofísica Molecular
Pesquisador responsável:Glaucius Oliva
Beneficiário:Anna Caroline Campos Aguiar
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07600-3 - CIBFar - Centro de Inovação em Biodiversidade e Fármacos, AP.CEPID
Assunto(s):Desenvolvimento de fármacos   Inibidores   Malária

Resumo

A malária, causada por protozoários do gênero Plasmodium, é um dos principais problemas de saúde pública do mundo. A doença ocorre em 109 países, sendo endêmica nas regiões tropicais e subtropicais da África, sudeste Asiático e América Latina. Metade da população mundial (3,3 bilhões de pessoas) está exposta à transmissão da malária em áreas de risco. No ano de 2013 foram registrados 198 milhões de casos e 584 mil mortes, a maioria deles na África (WHO, 2014). O surgimento de casos de resistência aos fármacos torna de extrema importância a busca por novos alvos moleculares e o desenvolvimento de agentes quimioterápicos contra a doença. O projeto de pesquisa visa (i) a elucidação da estrutura tridimensional da fosfatidilinositol-4-OH quinase (PI4K), uma enzima importante do metabolismo de Plasmodium falciparum; (ii) a padronização e desenvolvimento de testes in vitro e in vivo de moléculas bioativas como candidatos a antimaláricos e (iii) a descoberta e desenvolvimento de novos compostos bioativos como candidatos a fármacos para a malária. Para tanto, estudos integrados em biologia molecular estrutural, cinética enzimática, biologia celular, parasitologia e farmacologia serão empregados. Fosfatidilinositol-4-OH quinase (PI4K), uma enzima ubíqua de eucariotos, é responsável pela fosforilação de lipídios e participa da regulação de sinalização e transporte intracelular de vesículas. Essa enzima foi recentemente descrita como essencial em todas as fases do ciclo celular do parasito. Além disso, a PI4K apresenta diferenças significativas em relação a proteína homóloga humana, tornando-a alvo molecular atrativo para o desenvolvimento de novos antimaláricos. O projeto será desenvolvido nos Laboratórios de Química Medicinal e Computacional - LQMC, localizado no Centro de Inovação em Biodiversidade e Fármacos - CIBFar-CEPID do Instituto de Física de São Carlos-USP. Os laboratórios do LQMC-CIBFar possuem completa infraestrutura para a realização de todas as etapas propostas neste projeto de pesquisa.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GONRING-SALARINI, KARLA L.; CONTI, RAPHAEL; DE ANDRADE, JEAN PAULO; BORGES, BARBARA JULIANA P.; AGUIAR, ANNA CAROLINE C.; DE SOUZA, JULIANA O.; ZANINI, CAMILA L.; OLIVA, GLAUCIUS; TENORIO, JUAN CARLOS; ELLENA, JAVIER; BASTIDA, JAUME; GUIDO, RAFAEL V. C.; BORGES, WARLEY DE S. In vitro Antiplasmodial Activities of Alkaloids Isolated from Roots of Worsleya procera (Lem.) Traub (Amaryllidaceae). Journal of the Brazilian Chemical Society, v. 30, n. 8, p. 1624-1633, AUG 2019. Citações Web of Science: 0.
CAMPOS AGUIAR, ANNA CAROLINE; PANCIERA, MICHELE; SIMAO DOS SANTOS, ERIC FRANCISCO; SINGH, MANEESH KUMAR; GARCIA, MARIANA LOPES; DE SOUZA, GUILHERME EDUARDO; NAKABASHI, MYNA; COSTA, JOSE LUIZ; GARCIA, CELIA R. S.; OLIVA, GLAUCIUS; DUARTE CORREIA, CARLOS ROQUE; CARVALHO GUIDO, RAFAEL VICTORIO. Discovery of Marinoquinolines as Potent and Fast-Acting Plasmodium falciparum Inhibitors with in Vivo Activity. Journal of Medicinal Chemistry, v. 61, n. 13, p. 5547-5568, JUL 12 2018. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.