Busca avançada
Ano de início
Entree

Ensaios in vitro de inibidores da fosfopanteteína adenililtransferase potencialmente ativos contra tuberculose e planejamento de novos inibidores potenciais

Processo: 15/21470-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 06 de junho de 2016
Vigência (Término): 05 de junho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química
Pesquisador responsável:Elizabeth Igne Ferreira
Beneficiário:Marina Candido Primi
Supervisor no Exterior: Scott Franzblau
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Illinois at Chicago (UIC), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:13/15947-3 - Candidatos a novos agentes tuberculostáticos: planejamento e síntese de inibidores da fosfopanteteína adenililtransferase, BP.DR
Assunto(s):Planejamento de fármacos   Síntese de fármacos   Antituberculosos   Técnicas in vitro

Resumo

A proposta do presente projeto é complementar o projeto de doutorado intitulado 'Candidatos a novos agentes tuberculostáticos: planejamento e síntese de inibidores da fosfopanteteína adenililtransferase'. Neste projeto, a enzima fosfopanteteína adenililtransferase (PPAT) está sendo estudada como um novo alvo na busca por inibidores seletivos contra tuberculose (TB). A busca por novos compostos líderes com mecanismo de ação inovador a fim de atingir as cepas resistentes ao tratamento disponível contra a TB é de grande importância. Neste sentido, a PPAT tem despertado o interesse da comunidade científica, pois possui papel regulatório na via de biossíntese da Coenzima A (CoA) do Mycobacterium tuberculosis. Inibidores potenciais da PPAT foram planejados por meio das abordagens de Structure-Based Drug Design (SBDD) e Ligand-Based Drug Design (LBDD). Foram realizadas simulações de docking com os 78 inibidores potenciais previamente planejados, sendo que, baseando-se nos resultados obtidos nas simulações, foram selecionados os inibidores mais promissores a fim de serem sintetizados e terem sua atividade biológica avaliada. Ensaios microbiológicos in vitro dos compostos citados podem auxiliar do planejamento, síntese e avaliação biológica de novos compostos otimizados. O Institute for Tuberculosis Research (ITR) é o único centro de tuberculose no mundo que aplica um modelo industrial de desenvolvimento de fármacos em um ambiente acadêmico. Além disso, o ITR possui todas as instalações necessárias a fim de se realizarem os ensaios microbiológicos in vitro de atividade dos compostos propostos, bem como, planejar e sintetizar novos inibidores potenciais da enzima. (AU)