Busca avançada
Ano de início
Entree

Sequenciamento genômico do sapo pé-de-pá-oriental, Scaphiopus holbrookii (Amphibia: Anura: Scaphiopodidade) e do sapo flamenguinho, Melanophryniscus moreirae (Amphibia: Anura: Bufonidae)

Processo: 15/18654-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 29 de janeiro de 2016
Vigência (Término): 28 de janeiro de 2017
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Taran Grant
Beneficiário:Denis Jacob Machado
Supervisor no Exterior: Daniel Andrew Janies
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of North Carolina at Charlotte (UNCC), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:13/05958-8 - Genômica comparada e a evolução da defesa química em anfíbios, BP.DR
Assunto(s):Anura

Resumo

Apesar da disponibilidade de tecnologias de sequenciamento de alta performance que permitem a aquisição de dados moleculares a preços factíveis, dificuldades computacionais em analisar grandes bancos de dados de sequências e o pequeno número de genomas nucleares de sapos que possam ser usados como referência têm dificultado avanços em estudos genômicos de anuros. Apenas dois genomas nucleares e 81 genomas mitocondriais completes foram publicados para Anura até a data de submissão desta proposta, uma amostragem muito pequena das atuais 6.483 espécies de sapos. Aqui eu proponho montar e analisar o genoma nuclear parcial e o genoma mitocondrial completo do sapo-pé-de-pá-oriental, Scaphiopus holbrookii, e do sapo-flamenguinho, Melanophyniscus moreirae, usando tecnologias de sequenciamento de alta eficiência (Illumina HiSeq). Estas espécies foram selecionadas devido à características genéticas que facilitam a análise de seu genoma e qualidades únicas que as tornam interessantes para o estudo da evolução de Anfíbios e da defesa química neste grupo. O sapo-pé-de-pá-oriental tem posição filogenética estratégica que possibilita a investigação de aspectos genômicos associados com a transição para o ambiente terrestre em sapos, do papel dos elementos transponíveis no tamanho do genoma de anfíbios, da distribuição e variabilidade de elementos ultra-conservados específicos à linhagem ou aos anuros, da evolução de genes organelares e dos rearranjos genômicos mitocondriais em anuros, entre outros. Já o sapo-flamenguinho é um bufonídeo que apresenta defesa química baseada tanto em alcaloides sequestrados da dieta quanto bufoteninas biosintetizadas, sendo então uma espécie chave para o entendimento da defesa química em anuros. A viabilidade deste projeto é garantida pela disponibilidade de sequências brutas já obtidas para ambas as espécies e recursos computacionais massivos dedicados à este projeto, aliados à experiência dos nossos colaboradores internacionais na área da genômica de organismos não-modelo. Eu acredito que a presente proposta irá nos levar um passo adiante na superação da nossa atual falta de conhecimento em genômica comparada de anuros e na distância entre a facilidade atual na obtenção de dados genômicos e a dificuldade de analisá-los. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Universidades nos Estados Unidos destacam apoio à pesquisa em parceria com a FAPESP 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MACHADO, DENIS JACOB; JANIES, DANIEL; BROUWER, CORY; GRANT, TARAN. A new strategy to infer circularity applied to four new complete frog mitogenomes. ECOLOGY AND EVOLUTION, v. 8, n. 8, p. 4011-4018, APR 2018. Citações Web of Science: 3.
GRANT, TARAN; RADA, MARCO; ANGANOY-CRIOLLO, MARVIN; BATISTA, ABEL; DIAS, PEDRO HENRIQUE; JECKEL, ADRIANA MORIGUCHI; MACHADO, DENIS JACOB; RUEDA-ALMONACID, JOSE VICENTE. Phylogenetic Systematics of Dart-Poison Frogs and their Relatives Revisited (Anura: Dendrobatoidea). South American Journal of Herpetology, v. 12, n. 1, p. S1-S90, SEP 2017. Citações Web of Science: 39.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.