Busca avançada
Ano de início
Entree

Abordagens numérica e observacional da reconexão magnética na magnetopausa terrestre à luz da missão magnetospheric multiscale

Processo: 15/20104-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2016
Vigência (Término): 30 de junho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física dos Fluídos, Física de Plasmas e Descargas Elétricas
Pesquisador responsável:Walter Demetrio Gonzalez Alarcon
Beneficiário:Vitor Moura Cardoso e Silva Souza
Supervisor no Exterior: David Gary Sibeck
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Local de pesquisa : National Aeronautics and Space Administration, Greenbelt (NASA), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:14/21229-9 - Análise numérico/observacional dò aspecto macroscópico dò processo dè reconexão magnética ná magnetopausa diurna terrestre, BP.PD
Assunto(s):Magnetopausa

Resumo

Tem sido aceito na comunidade científica que o processo físico conhecido como reconexão magnética possui um papel fundamental na chamada interação vento solar-magnetosfera, permitindo a transferência de massa, energia e momentum do vento solar para a magnetosfera terrestre. Embora uma grande quantidade de trabalhos sobre as perspectivas teórica, observacional e numérica do processo de reconexão magnética tenham sido realizados ao longo dos anos, ainda existe uma série de questões não respondidas como, por exemplo, como duas linhas de campo magnético de orientações opostas são "cortadas" e "reconectadas"? Em particular, o processo de reconexão ocorrendo em escalas de comprimento da ordem do comprimento inercial do elétron, isto é, a menor escala em física de plasmas, ainda não tem sido inteiramente entendido. Também, não se conhece o modo como a dinâmica da reconexão magnética ocorrendo na escala dos elétrons pode ser ligada às dinâmicas de plasma de larga escala, tal como os fenômenos aurorais. Estes tipos de questões estão começando a serem respondidas devido, primariamente, à duas frentes de pesquisa: 1) simulações numéricas na escala dos elétrons, que por sua vez estarão sendo confirmadas por 2) observações in situ de regiões de reconexão no espaço próximo à Terra fornecidas pela recém lançada missão da NASA Magnetospheric Multi Scale (MMS). Propõe-se, neste projeto de 4 meses, investigar a física da reconexão magnética na escala dos elétrons e sua relação com os aspectos globais (de larga escala) do processo de reconexão magnética utilizando uma conjunção de análises numéricas e observacionais. A sinergia entre observações e simulações numéricas irão definitivamente ajudar a explicar a física da reconexão, e muito provavelmente responder a questões ainda abertas neste tópico de pesquisa.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SOUZA, V. M.; LOPEZ, R. E.; JAUER, P. R.; SIBECK, D. G.; PHAM, K.; DA SILVA, L. A.; MARCHEZI, J. P.; ALVES, L. R.; KOGA, D.; MEDEIROS, C.; ROCKENBACH, M.; GONZALEZ, W. D. Acceleration of radiation belt electrons and the role of the average interplanetary magnetic field B-z component in high-speed streams. JOURNAL OF GEOPHYSICAL RESEARCH-SPACE PHYSICS, v. 122, n. 10, p. 10084-10101, OCT 2017. Citações Web of Science: 2.
SOUZA, VITOR M.; KOGA, DAIKI; GONZALEZ, WALTER D.; CARDOSO, FLAVIA R. Observational Aspects of Magnetic Reconnection at the Earth's Magnetosphere. Brazilian Journal of Physics, v. 47, n. 4, p. 447-459, AUG 2017. Citações Web of Science: 2.
SOUZA, V. M.; GONZALEZ, W. D.; SIBECK, D. G.; KOGA, D.; WALSH, B. M.; MENDES, O. Comparative study of three reconnection X line models at the Earth's dayside magnetopause using in situ observations. JOURNAL OF GEOPHYSICAL RESEARCH-SPACE PHYSICS, v. 122, n. 4, p. 4228-4250, APR 2017. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.