Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinantes de susceptibilidade genética comuns entre periodontite crônica e periodontite apical: avaliação de SNP em conjunto com análise bioinformático de dados clínicos, microbiológicos e inmuno/inflamatórios

Processo: 15/18163-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 29 de fevereiro de 2016
Vigência (Término): 27 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Periodontia
Pesquisador responsável:Gustavo Pompermaier Garlet
Beneficiário:Ian Franco Cavalla Ruiz
Supervisor no Exterior: Ariadne Letra
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Texas Health Science Center at Houston (UTHealth), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:14/03276-0 - Influência de polimorfismos genéticos nos padrões de colonização e recolonização bacteriana em pacientes com periodontite crônica, BP.DR
Assunto(s):Periodontite crônica   Polimorfismo genético

Resumo

As periodontites crônica e apical são as causas mais comuns de perdas dentárias em adultos. Ambas doenças parecem compartilhar uma patogêneses comum, incluindo o estabelecimento de uma microbiota patogênica nos tecidos que ativam a resposta imune do hospedeiro, contribuindo para a destruição dos tecidos de suporte dental. A extensão e severidade da resposta inflamatória do hospedeiro encontra-se (pelo menos parcialmente) sob controle genético. Nas últimas décadas, vários polimorfismos de nucleotídeo simples (SNPs) tem sido associados com o aumento na susceptibilidade da destruição periodontal, porém a maioria dos estudos publicados na literatura dependem da estratégia de "genes candidatos" e seus resultados apresentam-se inconclusivos e difíceis de replicar em populações diferentes. Recentemente, tem sido proposta uma nova estratégia para o estudo da susceptibilidade genética da doença periodontal baseada nos dados obtido em estudos de genoma completo (GWA). Esta aproximação tem a vantagem de possibilitar a identificação de genes de risco sem a necessidade prévia da existência de uma associação teórica entre o gene e a patogênese da doença. Adicionalmente, a inclusão de informação clínica, microbiológica e perfis imune/inflamatórios nos estudos genéticos de associação aumentam significativamente a possibilidade de reconhecer verdadeiras relações causais entre os determinantes genéticos e a ocorrência e fenótipo da doença. Em consideração ao anteriormente exposto, nossa proposta é investigar a correlação entre os SNPs de risco para doença periodontal determinados por estudos GWA e a ocorrência de periodontite crônica e periodontite apical em dois estudos de Coortes longitudinais de pacientes recrutados no Brasil (periodontite crônica) e nos Estados Unidos (periodontite apical). Em conjunto com a análise genética, nossa proposta é analisar dados clínicos, microbiológicos e bio-marcadores imunes e inflamatórios utilizando ferramentas avançadas de bioinformática. O Projeto será desenvolvido na University of Texas Health Science Center at Houston's School of Dentistry (UTheath), sob a experiência e conhecimentos da supervisora internacional, Prof. Dr. Ariadne Letra, juntamente com os recursos tecnológicos e humanos do Center for Computational Biomedicine (CCB) UTHealth School of Biomedical Informatics. Em resumo, na população portadora de periodontite crônica (75 casos e 50 controles) estudaremos dados clínicos genéticos, microbiológicos (DNA-DNAcheckerboard) e marcadores inflamatórios obtidos no desenvolvimento do projeto original FAPESP 2014/03276-0 e 2014/17886-4. No estudo de periodontite apical, estudaremos dados clínicos, microbiológicos (RT-PCR) e marcadores inflamatórios obtidos de um estudo Coorte de 75 casos e 100 controles recrutados no Department of Endodontics of UTheath`s School of Dentistry. O poder estatístico da amostra foi determinado baseado em estudos prévios do nosso grupo e usando um pacote de software específico (CATS). Para capturar a complexidade de nossos dados e obter modelos significativos com valor preditivo capazes de integrar dados genéticos e características do microambiente periodontal, desenvolveremos estratégias de análise baseadas em hierarquização por clusters e modelamento multinível. Acreditamos que o conhecimento obtido neste projeto contribuirá sobremaneira para o aprofundamento do conhecimento sobre as patogêneses das doenças periodontais, bem como facilitará o desenvolvimento de estratégias específicas de identificação de indivíduos susceptíveis, abrindo a possibilidade para o futuro estabelecimento de novas e mais eficientes alternativas preventivas e terapêuticas para as doenças periodontais.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
COLAVITE, PRISCILA MARIA; CAVALLA, FRANCO; GARLET, THIAGO POMPERMAIER; SORIANI AZEVEDO, MICHELLE DE CAMPOS; MELCHIADES, JESSICA LIMA; CAMPANELLI, ANA PAULA; LETRA, ARIADNE; FAVARO TROMBONE, ANA PAULA; SILVA, RENATO MENEZES; GARLET, GUSTAVO POMPERMAIER. TBX21-1993T/C polymorphism association with Th1 and Th17 response at periapex and with periapical lesions development risk. Journal of Leukocyte Biology, v. 105, n. 3, p. 609-619, MAR 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.