Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência de inibidores de proteases no potencial de degradação do colágeno proveniente da dentina sadia, esclerótica e afetada por cárie

Processo: 15/10566-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2015
Vigência (Término): 31 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Paulo Henrique dos Santos
Beneficiário:Bruna de Oliveira Reis
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Resistência à tração   Dentística   Inibidores de proteases

Resumo

O propósito do presente estudo é avaliar, através dos testes de resistência à tração do colágeno e nanoindentação, a influência de inibidores de proteases sobre o potencial de degradação do colágeno proveniente da dentina sadia, esclerótica e afetada por cárie. Trinta e nove molares humanos recém-extraídos serão utilizados, sendo 13 para cada condição clínica dentinária (sadia, esclerótica e afetada por cárie). Três fatias serão obtidas de cada dente. Para o teste de resistência à tração do colágeno, as fatias serão desgastadas em forma de ampulheta, e divididas em 3 grupos experimentais de acordo com o inibidor de protease utilizado: Grupo 1: saliva artificial (grupo controle); Grupo 2: solução de clorexidina a 2%; Grupo 3: solução de EGCG (epigalocatequina galato) a 0,5%. Após a incubação, as amostras serão sujeitas à degradação enzimática (pela colagenase bacteriana derivada da Clostridium histolyticum), e então serão submetidas ao teste de resistência à tração do colágeno (MPa). As propriedades mecânicas de nanodureza e módulo de elasticidade da dentina serão mensuradas em nanodurômetro digital, sob carga de 1000¼N, antes e após a degradação enzimática. Os dados da resistência à tração do colágeno e das propriedades mecânicas de nanodureza e módulo de elasticidade serão submetidos a testes estatísticos de normalidade e testes específicos para verificação da significância entre as médias (± = 0,05).

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
REIS, Bruna de Oliveira. Influência de inibidores de proteases no potencial de degradação do colágeno proveniente da dentina sadia, esclerótica e afetada por cárie. 2017. 85 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista (Unesp) Faculdade de Odontologia.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.