Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação da estrutura eletrônica de férmions pesados através de espectroscopia de fotoemissão resolvida em ângulo

Processo: 15/18544-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2015
Vigência (Término): 03 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Cris Adriano
Beneficiário:Kevin Raduenz Pakuszewski
Instituição-sede: Instituto de Física Gleb Wataghin (IFGW). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/04870-7 - Estudos de novos materiais complexos e avançados, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):16/20396-4 - Investigação da estrutura eletrônica de férmions pesados e sistemas de elétrons 2D através de espectroscopia de fotoemissão resolvida em ângulo, BE.EP.MS
Assunto(s):Férmions pesados   Espectroscopia

Resumo

Este projeto de mestrado propõe o estudo da estrutura eletrônica e superfície de Fermi e suas inter-relações entre supercondutividade não-convencional, magnetismo 4f e comportamento tipo férmions pesados em amostras monocristalinas de férmions pesados a base de Ce da família CemMIn3m+2 (M = Co, Rh, Ir; m = 1, 2; n = 1, 2). Mais especificamente iremos estudar as amostras puras de CeCoIn5 e Ce2RhIn8 e quatro amostras dopadas: Ce2RhIn8-xSnx, Ce2RhIn8-xGax, Ce2Rh1-xIrxIn8, Ce2-xLaxRhIn8 que serão selecionadas de maneira a diminuir a temperatura de transição magnética de 2.8 K para 2.0 K com dopagem em diferentes sítios do material. O objetivo final é estudar a estrutura de bandas dos compostos através da técnica de espectroscopia de fotoemissão resolvida em ângulo (ARPES - Angular resolved photoelectron spectroscopy). ARPES é uma técnica avançada de espectroscopia que mede diretamente a dependência angular da estrutura de bandas dos sólidos e permite portanto, estudar a evolução da estrutura eletrônica e da superfície de Fermi de compostos em função da dopagem e da temperatura, por exemplo. Para realizar este projeto iremos sintetizar os monocristais pela técnica de auto-fluxo metálico e as propriedades físicas serão caracterizadas através das técnicas de difração de pó de raios-x, susceptibilidade magnética, resistividade elétrica e calor específico. A estequiometria será determinada pela técnica de análise elementar WDS. Após o crescimento e caracterização as amostras serão cuidadosamente escolhidas para serem medidas pela técnica de ARPES na câmera instalada no Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) em colaboração com o Dr. Júlio Criginski Cezar.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.