Busca avançada
Ano de início
Entree

Supressão da luminescente e do estado excitado de riboflavina e proteção de carotenóides contra radicais livres utilizando complexos de magnésio contendo hesperidina e polifenóis

Processo: 15/23146-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 29 de janeiro de 2016
Vigência (Término): 28 de janeiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Rose Maria Carlos
Beneficiário:Eldevan dos Santos Silva
Supervisor no Exterior: Leif Horsfelt Skibsted
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Copenhagen, Dinamarca  
Vinculado à bolsa:13/05536-6 - Complexos metálicos luminescentes com ácidos fenólicos coordenados alvos seletivos à mitocôndrias e mapeamento da atividade antioxidante em tempo real por técnicas fluorescentes, BP.DR

Resumo

Mitocôndrias são organelas essenciais para a vida e morte celular, sendo responsáveis pelo metabolismo energético celular e pelo controle da morte celular programada. A cadeia respiratória mitocondrial é também a maior fonte de espécies reativas do oxigênio (ERO's) in vivo, e os danos oxidativos mitocondriais são a causa ou levam ao agravamento de várias doenças crônicas não transmissíveis. Neste contexto, neste projeto pretendemos desenvolver antioxidantes seletivos as mitocôndrias de modo a minimizar a os processos oxidativos com menor toxicidade com especial atenção as alterações metabólicas no organismo humano e viabilizar os estudos da atividade mitocondrial pela fluorescência. Para isso estamos preparando complexos metálicos do tipo cis-[Mg(L)2(phenX)], onde phenX = 1,10-fenantrolina derivatizada com um corantes orgânicos fluorescentes (resorufina e rodamina) e L são ácidos fenólicos (ácido ferúlico, isovanílico e gálico). Escolhemos o íon magnésio devido a suas propriedades no meio biológico em particular na síntese do ATP pela mitocôndria. O ligante fenantrolina derivatizado com os corantes trarão aos complexos escolhidos propriedades luminescentes e caráter lipofílico que favorecem a seletividade e diagnóstico da mitocôndria. Os ácidos fenólicos naturais propostos apresentam propriedades antioxidantes reconhecidas no meio biológico. Neste contexto, os complexos foram planejados para serem alvos mais seletivos á mitocôndria e assim, potencializar a atividade antioxidante dos ácidos fenólicos livres, mas com reduzida toxicidade e serem agentes diagnósticos viabilizando o mapeando das funções e disfunções da mitocôndria in vivo. Para avaliar o potencial terapêutico destes compostos, pretendemos investigar a viabilidade celular (absorção, solubilidade e lipofilicidade) e a atividade antioxidante em relação à capacidade sequestradora das ERO's in vitro e in vivo, citotoxicidade e toxicidade dos complexos propostos e dos fenóis livres nas condições fisiológicas e investigar os efeitos neuroprotetivos dos compostos propostos em modelos animais da doença de Parkinson.Dado o exposto acima, esperamos que esta pesquisa abra novas possibilidades para o desenvolvimento de compostos mais seletivos e conseqüentemente menos tóxicos e que possam atuar simultaneamente como agentes terapêuticos e diagnóstico permitindo desta maneira, coletar informações fisiológicas importantes em tempo real

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARCHI, RAFAEL C.; SILVA, ELDEVAN S.; SANTOS, JOSENILTON J.; GUILOSKI, IZONETE C.; DE JESUS, HUGO CESAR R.; DE AGUIAR, INARA; KOCK, FLAVIO V. C.; VENANCIO, TIAGO; DA SILVA, MARIA FATIMA G. F.; FERNANDES, JOAO BATISTA; VITAL, MARIA A. B. F.; SOUZA, LEONARDO CASTRO; SILVA DE ASSIS, HELENA C.; SKIBSTED, LEIF H.; CARLOS, ROSE M. Synthesis, Characterization, and Low-Toxicity Study of a Magnesium(II) Complex Containing an Isovanillate Group. ACS OMEGA, v. 5, n. 7, p. 3504-3512, FEB 25 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.