Busca avançada
Ano de início
Entree

Consistência das escolhas do consumidor como resultado variação na quantidade de informação no ambiente de decisão

Processo: 15/21771-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 05 de junho de 2016
Vigência (Término): 15 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Administração
Pesquisador responsável:José Afonso Mazzon
Beneficiário:Luis Eduardo Pilli
Supervisor no Exterior: Joffre Swait Jr
Instituição-sede: Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of South Australia (UniSA), Austrália  
Vinculado à bolsa:15/03862-9 - Consistência das escolhas do consumidor como resultado variação na quantidade de informação no ambiente de decisão, BP.DR
Assunto(s):Comportamento do consumidor

Resumo

O comportamento do consumidor é uma área do conhecimento que recebe contribuições de diversas ciências, como economia, marketing e psicologia, entre outras. Os estudos interdisciplinares sobre julgamento e decisão, no contexto de comportamento do consumidor, se interessam pela forma como o consumidor processa informações e realiza julgamentos que resultam em escolhas. A teoria econômica do consumidor é desenvolvida a partir de um conjunto de axiomas que asseguram o processo de maximização de utilidade esperada. Seguindo esta tradição, as preferências do indivíduo são estáveis e se manifestam em suas escolhas. Em contrapartida, a tradição psicológica, de teorias descritivas, defende que limites cognitivos da mente humana previnem a maximização postulada pela teoria de utilidade esperada, e identifica processos mentais envolvidos no julgamento e decisão, definindo que as preferências são construídas durante a tarefa de decisão sob influência do contexto. Por sua vez, estudiosos que desenvolvem modelos estatísticos de escolha, tanto descritivos como preditivos, entendem as escolhas como dados observáveis que revelam estruturas de preferências latentes. Essa tradição não se preocupa, a princípio, com processos psicológicos envolvidos na decisão. Assim, o objetivo deste projeto de doutorado é, a partir da contribuição das três tradições, estudar a influência da quantidade de informação sobre o processo de decisão. Das duas primeiras tradições (a econômica e a psicológica) são utilizados os elementos teóricos que permitem a previsão dos efeitos procurados. Da terceira tradição, são utilizadas as técnicas e modelos estatísticos que permitem o estudo empírico do tema em tela.