Busca avançada
Ano de início
Entree

Rastreamento de uma única molécula por microscopia fototérmica heteródina de peptídeos antimicrobianos

Processo: 15/22901-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 06 de janeiro de 2016
Vigência (Término): 05 de junho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Edgar Julian Paredes-Gamero
Beneficiário:Marcus Vinicius Buri
Supervisor no Exterior: David Garth Fernig
Instituição-sede: Instituto Nacional de Farmacologia (INFAR). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Liverpool, Inglaterra  
Vinculado à bolsa:12/20989-4 - Estudo de mecanismos moleculares na diferenciação e morte de células tumorais desencadeados por peptídeos antimicrobianos, BP.DR
Assunto(s):Rastreamento   Nanopartículas

Resumo

Os peptídeos antimicrobianos (PAMs) são moléculas de defesa encontrados em diversos organismos. Além de sua atividade antimicrobiana, foi mostrado que os mesmos possuem atividade antitumoral. Nosso grupo descreveu a citotoxicidade de PAMs ß-hairpin (protegrina, taquiplesina, polifemusina e gomesina) assim como alguns mecanismos ativados por eles relacionados com morte celular de linhagens celulares, como K562, B16 e CHO (ovário de hamster chinês) Nós descrevemos que esses peptídeos podem causar ruptura da membrana em altas concentrações, enquanto em concentrações mais baixas ativam diferentes tipos de morte celular após entrada nas células tumorais. Atualmente estamos estendendo nossos estudos com PAMs ß-hairpin (protegrina, taquiplesina, polifemusina e gomesina) e sua atividade anto tumoral relacionadas com interação com membrana e organelas alvo através da microscopia PHI (imagem heterodina fototérmica), além de eventos morfológicos, moleculares e bioquímicos de morte celular. A microscopia PHI é uma técnica que permite acompanhar uma única partícula, como um PAM. Por isso, a utilização da microscopia PHI nos irá permitir monitorar a entrada dos PAMs através da membrana celular e seguir esse peptídeo dentro da célula, determinando a organela alvo. Adicionalmente, ao final do projeto, pretendemos analisar todos os dados com análise matemática computacional multiparamétrica, como redes Bayesianas, a fim de avaliar todas as vias de forma integrada.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BURI, MARCUS V.; DIAS, CAROL C.; BARBOSA, CHRISTIANO M. V.; NOGUEIRA-PEDRO, AMANDA; RIBEIRO-FILHO, ANTONIO C.; MIRANDA, ANTONIO; PAREDES-GAMERO, EDGAR J. Gomesin acts in the immune system and promotes myeloid differentiation and monocyte/macrophage activation in mouse. Peptides, v. 85, p. 41-45, NOV 2016. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.