Busca avançada
Ano de início
Entree

Codificação e recuperação da memória declarativa após Interferência Retroativa em palavras homônimas

Processo: 15/18464-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2015
Vigência (Término): 31 de outubro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Cognitiva
Pesquisador responsável:Orlando Francisco Amodeo Bueno
Beneficiário:Susanny Cristini Vercellino Tassini
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Neuropsicologia   Contexto   Esquecimento   Memória semântica

Resumo

A Memória de Longo Prazo Declarativa é responsável pelo armazenamento e recuperação de eventos passados e fatos sobre o mundo, sendo subdividida em Memória Episódica e Memória Semântica. A Memória Episódica permite a recordação consciente de episódios específicos e a Memória Semântica permite a recordação de fatos no contexto geral, não estando ligada ao tempo e a eventos. Segundo a Teoria da Interferência, a perda de uma informação-alvo se dá por meio de uma informação interveniente que disputa a sua existência com a primeira. Quando uma informação apresentada posteriormente à informação-alvo interfere com esta, dá-se o nome de Interferência Retroativa. Tal processo encontra-se bem definido em relação à Memória Episódica, mas não em relação ao conteúdo semântico que pode possuir uma informação interferente quando codificado e recuperado. O presente estudo se propõe investigar como a Interferência Retroativa com frases com contexto congruentes e incongruentes às palavras homônimas - palavras que possuem duas ou mais representações semânticas, comumente ativadas a depender do contexto, mas apenas uma representação fonológica - afetará a codificação e recuperação destas palavras. Um experimento com participantes saudáveis (N-90, 30 por grupo: Frases Congruentes, Incongruentes e Controle) foi desenhado. Neste experimento, serão apresentadas, após as listas, frases que ativem contextos congruentes e incongruentes às palavras homônimas, além de frases controle. O participante deverá recordar as listas de palavras e as frases. Cada grupo também deverá recordar listas com relações semânticas e listas sem relação alguma, para que sejam realizadas análises e comparações acerca da recordação livre e posição serial nestas condições. ANOVAs Multivariadas e de Medidas Repetidas, seguidas pelo post-hoc de Bonferroni, serão realizadas para verificar a diferença entre grupos e condições a fim de responder a hipótese.