Busca avançada
Ano de início
Entree

Processo de marginalização e produção da pobreza: o olhar do usuário de crack sobre sua condição de existência

Processo: 15/21424-9
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2015
Vigência (Término): 30 de novembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Social
Pesquisador responsável:Antonio Euzébios Filho
Beneficiário:Vanessa Eda Paz Leite
Instituição Sede: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Saúde mental   Políticas públicas   Marginalidade social   Transtornos relacionados ao uso de substâncias   Cocaína crack   Usuários de drogas   Entrevista
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Crack | Exclusão | Inclusão | pobreza | Politicas Públicas | Saúde Mental

Resumo

Este projeto tem como objetivo compreender como usuários de crack do interior do estado de São Paulo entendem suas trajetórias de vida e as experiências de institucionalização e marginalização que foram submetidas. A aglomeração de usuários de crack nas grandes cidades brasileiras e o grande investimento público no enfrentamento a esta substância vem instigando diversos setores da sociedade a debater o tratamento e a dependência química. Porém, em um cenário em que o usuário (especialmente se for pobre) tem sido tratado como criminoso, pouco tem se escutado sua voz, conhecido sua trajetória de vida e levado em conta suas opiniões e desejos. Compreendemos a condição social do usuário pela ótica da Psicologia Social, a partir da dialética da inclusão/exclusão e das ideologias presentes no capitalismo. Tomaremos contato com os participantes da pesquisa (dois usuários de crack) no contexto das ações municipais de atenção às drogas, buscando entender, a partir de entrevistas em profundidade, o que pensam sobre a própria vida e o contexto que o cercam. As entrevistas serão analisadas com base no materialismo histórico e dialético. Realizaremos uma leitura teórica dos discursos, identificando categorias de análise para a compreensão das multideterminações do fenômeno.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)