Busca avançada
Ano de início
Entree

Dinâmicas de troca e mobilidade: parentesco, política e xamanismo entre os Guarani

Processo: 15/16902-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2016
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Etnologia Indígena
Pesquisador responsável:Antonio Roberto Guerreiro Júnior
Beneficiário:Adriana Queiroz Testa
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/26676-0 - Sistemas regionais ameríndios em transformação: o caso do Alto Xingu, AP.JP
Assunto(s):Parentesco   Xamanismo   Guarani

Resumo

Este projeto articula três níveis de investigação: o etnográfico, o metodológico e o teórico. Seu propósito etnográfico é fornecer uma descrição das dinâmicas de circulação entre os Guarani, privilegiando a política, o parentesco e o xamanismo como planos estratégicos de observação e inteligibilidade que se intercruzam de muitas maneiras. As dinâmicas de circulação articulam mobilidade espacial e relações de troca, ambas constituídas por momentos e experiências de fluxo e concentração. O projeto elege o corpus etnográfico guarani mbya como ponto de partida da reflexão, mas buscará conexões com materiais etnográficos kaiowa e nhandeva, favorecendo a generalização de seus resultados em um horizonte mais amplo. Em termos metodológicos, o projeto pretende verificar o rendimento do estudo conjunto de práticas de mobilidade espacial e de relações de troca para o entendimento da formação e da transformação do sistema regional moldado pelos Guarani. Do ponto de vista teórico, visa contribuir para a retomada de uma reflexão clássica da etnologia brasileira, voltada ao estudo de sistemas regionais, por meio do diálogo do corpus em questão com outras paisagens beneficiadas por importantes contribuições etnográficas e teóricas nas últimas décadas.