Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito residual da adubação potássica nas formas do nutriente no solo

Processo: 15/18952-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2015
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Luís Reynaldo Ferracciú Alleoni
Beneficiário:Ruan Francisco Firmano
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Reserva mineral   Métodos de extração sequencial   Filossilicatos

Resumo

O potássio (K) atua em processos enzimáticos e metabólicos no ambiente celular, e sua disponibilidade às plantas depende das formas como o elemento se encontra no solo. A extração do teor disponível de K é estabelecida como referência para diagnósticos e cálculos de adubações no Brasil. No entanto, já foi verificada ausência de resposta de culturas à adubação potássica em solos com baixos teores deste elemento, levando a hipótese de que outras formas menos disponíveis de K, que não são extraídas por extratores convencionais, podem contribuir para nutrição de plantas. A rigor, não existe limite crítico entre as frações solúveis, trocáveis, não trocáveis e estruturais, sendo dinâmica a mudança de disponibilidade. O K é requerido em grandes quantidades pela soja (Glycine max L.). Este estudo será realizado com amostras de um Latossolo Vermelho distroférrico (LVd) sob sistema de semeadura direta desde 1983, em Londrina (PR), para avaliar o efeito de doses de adubo potássico na produtividade da soja. Em 2008 a adubação potássica foi interrompida, e desde então, as plantas vêm sendo nutridas com o K residual no solo. Nesse projeto espera-se (i) avaliar mudanças nos atributos químicos, físicos e mineralógicos do solo, em função do tempo e do manejo com restrição de adubação potássica; (ii) estudar a reserva mineral de K na fração argila do solo, por meio de extrações sequencias de minerais e determinação dos teores de K nos extratos; (iii) correlacionar as formas trocáveis e não-trocáveis de K no solo com os teores do nutriente nos tecidos e com a produtividade da soja.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FIRMANO, RUAN FRANCISCO; MELO, VANDER DE FREITAS; DE OLIVEIRA JUNIOR, ADILSON; DE CASTRO, CESAR; FERRACCIU ALLEONI, LUIS REYNALDO. Soybean and Soil Potassium Pools Responses to Long-Term Potassium Fertilization and Deprivation under No-Till. Soil Science Society of America Journal, v. 83, n. 6, p. 1819-1829, NOV-DEC 2019. Citações Web of Science: 0.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FIRMANO, Ruan Francisco. Efeito residual da adubação potássica nas formas do nutriente no solo. 2017. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.