Busca avançada
Ano de início
Entree

Parnaso paulistano - a história física do Theatro Municipal de São Paulo (1911-2012)

Processo: 15/22408-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2016
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Fundamentos e Crítica das Artes
Pesquisador responsável:Jorge Sidney Coli Junior
Beneficiário:Richard Santiago Costa
Supervisor no Exterior: Basile Baudez
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : Université Paris-Sorbonne (Paris 4), França  
Vinculado à bolsa:13/07599-5 - Parnaso paulistano: a história física do Theatro Municipal de São Paulo (1911-2012), BP.DR
Assunto(s):São Paulo   História da arte   Arquitetura   Pinturas (arte)   Escultura

Resumo

Este projeto de doutorado tem como objeto de pesquisa o Theatro Municipal de São Paulo, buscando traçar, pela primeira vez em âmbito acadêmico, sua história física. Nossa proposta é estudar detalhadamente seus aspectos arquitetônicos e artísticos, desde sua concepção na década de 1900 até os dias atuais. Após mais de cem anos de existência e sucessivas intervenções (reformas e restauros das décadas de 1950, 1980 e 2000), acreditamos ser de suma importância investigar o percurso dessa história e das obras de arte que o completam, na forma de pinturas, esculturas, mosaicos, vitrais, mobiliários e elementos decorativos diversos. O Theatro Municipal, para além de ser um patrimônio artístico do país, é um organismo artístico vivo que se liga às transformações da cidade de São Paulo. Propomos assim um estudo que se debruce sobre seus aspectos perenes e mutáveis. O conhecimento de seu conjunto arquitetônico, suas obras de arte, seus artífices, estilos e técnicas, e da vida desse conjunto através do tempo se impõe para o conhecimento aprofundado de seu papel como marco arquitetônico e artístico, além de palco cultural de primeira ordem da cidade de São Paulo e do Brasil. Objetivamos, ainda, examinar como o Municipal se irradia e se fixa, como obra de arte plena, no imaginário coletivo buscando-a na pesquisa em periódicos e meios de comunicação diversos. (AU)