Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação do papel modulatório de receptores A1 de adenosina na ejaculação

Processo: 15/19677-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Autonômica
Pesquisador responsável:Edson Antunes
Beneficiário:Luiz Ricardo de Almeida Kiguti
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Fertilidade   Ejaculação precoce   Ejaculação

Resumo

A adenosina é um nucleosídeo implicado na modulação de diferentes aspectos da função sexual masculina como a capacitação de espermatozóides, a função erétil e a contratilidade de órgãos participantes da fase de emissão do reflexo ejaculatório. Os receptores A1 (A1R) são expressos em regiões encefálicas e espinhais responsáveis pela elaboração do reflexo ejaculatório e no encéfalo regulam a liberação de dopamina, serotonina e ocitocina, três neurotransmissores essenciais para a ejaculação. Adicionalmente, a síntese de adenosina na medula espinhal é aumentada por substâncias que alteram o funcionamento do gerador espinhal da ejaculação. Embora estas evidências anatômicas e neuroquímicas sugiram um papel regulador para os A1R no reflexo ejaculatório não existem estudos que investiguem o papel desempenhado por estes receptores na ejaculação. Neste estudo investigaremos a participação dos A1R na ejaculação através de modelos do reflexo ejaculatório in vitro e in vivo em ratos, bem como através da expressão de A1R em neurônios espinotalâmicos lombares. Os resultados deste estudo contribuirão para a compreensão do papel dos A1R na fertilidade/infertilidade masculina além de fornecer base para a compreensão do efeito de drogas ou tratamentos que interferem na função do sistema adenosinérgico na função sexual masculina. Além disso, visto que a inibição da emissão seminal tem sido estudada como possível alvo para o desenvolvimento de contraceptivos masculinos, os resultados obtidos neste estudo permitirão a avaliação da viabilidade da modulação dos A1R na contracepção masculina.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE ALMEIDA KIGUTI, LUIZ RICARDO; PACHECO, TAINA LOUISE; ANTUNES, EDSON; KEMPINAS, WILMA DE GRAVA. Lorcaserin Administration has Pro-Ejaculatory Effects in Rats via 5-HT2C Receptors Activation: A Putative Pharmacologic Strategy to Delayed Ejaculation?. Journal of Sexual Medicine, v. 17, n. 6, p. 1060-1071, JUN 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.