Busca avançada
Ano de início
Entree

Personagens africanos e afrodescendentes: raça, escravidão e contrabando de escravos na produção literária brasileira durante a formação da nação, 1830-1870

Processo: 15/19848-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2016
Vigência (Término): 31 de março de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Robert Wayne Andrew Slenes
Beneficiário:Dayana Façanha de Carvalho
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/21979-5 - Entre a escravidão e o fardo da liberdade: os trabalhadores e as formas de exploração do trabalho em perspectiva histórica, AP.TEM
Assunto(s):Literatura e história   História do Brasil Império   Escravidão   Imprensa   Negros   Representação (artes)

Resumo

A partir de um conjunto de obras literárias selecionadas, publicadas no Brasil entre as décadas de 1830 e 1870, propõe-se a análise das representações da África, de africanos e de afrodescendentes ali contidos. Interessa investigar como literatos brasileiros se situavam no debate europeu da primeira metade do século XIX acerca das capacidades de africanos e negros nascidos na diáspora de se integrarem à civilização ocidental e à nação brasileira. Para isso, propõe-se o mapeamento das influências literárias e científicas europeias sobre os escritores nacionais. Igualmente, propõe-se cotejar as obras literárias com periódicos selecionados, em busca de interlocução com debates políticos brasileiros sobre a escravidão e o legado do contrabando de africanos nos anos de formação da nação.