Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da participação em um programa de atividade física na qualidade de vida de adultos e idosos atendidos pelo NASF em São Carlos, SP

Processo: 15/18198-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2016
Vigência (Término): 01 de abril de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Grace Angélica de Oliveira Gomes
Beneficiário:Adriele Evelyn Ferreira da Silva
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):16/11815-3 - Motivos de participação e percepção da qualidade de vida de idosos participantes em um programa de exercício físico, BE.EP.IC
Assunto(s):Saúde pública   Atenção primária à saúde   Promoção da saúde   Qualidade de vida   Atividade física   Adaptação psicológica   Delineamento experimental   São Carlos (SP)

Resumo

A atividade Física (AF) é uma importante ferramenta de promoção da saúde da população e tem papel fundamental no envelhecimento ativo e saudável, bem como na percepção de qualidade de vida (QV) de cada indivíduo. Caminhar em grupo para comunidades em contexto de alta vulnerabilidade social desenvolver a sociabilização e ser um fator de proteção para doenças no âmbito emocional. Promoção de atividade física na Atenção Básica de saúde pode ser uma estratégia interessante para garantir esses benefícios, no entanto ainda existem poucos estudos que relatam esses efeitos. Nesse sentido, o objetivo desse estudo é avaliar os efeitos de um programa de caminhada na QV dos participantes de uma área de alta vulnerabilidade no município de São Carlos, SP. Trata-se de uma pesquisa de delineamento quase experimental e controlado, com a participação de: 1) grupo intervenção (n=20) e 2) grupo controle (n=20). A intervenção terá duração de seis meses. O programa ocorrerá cinco vezes por semana, com duração de uma hora. As aulas serão compostas de atividades recreacionais, caminhada e estratégias educativas de mudança de comportamento para AF. Para avaliar o programa, esse estudo utilizará o questionário de QV WHOQOL-Bref, o qual consta 26 questões que abordam quatro domínios (físico, psicológico, relações social e meio ambiente). Será utilizada também uma entrevista estruturada após a participação no programa de caminhada com perguntas abertas sobre a percepção do indivíduo em à qualidade de vida relacionada aos aspectos psicológicos nas seguintes questões: sentimentos, forma de pensar, memória e concentração, auto-estima e imagem corporal, aplicada. Espera-se que o programa tenha escores satisfatórios em todos os domínios do WHOQOL-Bref, em especial no domínio psicológico. Espera-se ainda que as respostas à entrevista estruturada sejam positivas em relação à AF e os aspectos psicológicos dos participantes.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa: