Busca avançada
Ano de início
Entree

Concepções de profissionais da medicina sobre o erro médico nas práticas de Saúde em São Paulo: contribuições para um cuidado ético e humanizado

Processo: 15/09289-9
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2016
Vigência (Término): 13 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia do Desenvolvimento Humano
Pesquisador responsável:Maria Luisa Sandoval Schmidt
Beneficiário:Vitor Silva Mendonça
Instituição Sede: Instituto de Psicologia (IP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):16/02973-4 - Erros médicos nas práticas de saúde americana: contribuições para um cuidado ético e humanizado no Brasil, BE.EP.PD
Assunto(s):Erro médico   Narrativa   Fenomenologia (psicologia)   Conhecimentos, atitudes e prática em saúde
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:erro médico | fenomenologia | Narrativa | prática de saúde | Desenvolvimento humano e saúde

Resumo

A ocorrência dos eventos adversos na Medicina, ou mais comumente chamados de erros médicos, têm se tornado mais frequentes no cenário sanitário brasileiro e, com isso, desperta o interesse em buscar explicações que auxiliem na discussão para um melhor manejo da temática. No Brasil, a profissão da Medicina preconiza uma atuação prática livre de erros e com uma visão condenatória sobre o profissional que comete tal falha, além disso, o caráter punitivo se sobressai, principalmente na atualidade, onde a mídia e a sociedade estão mais exigentes quanto aos deveres e direitos de uma boa atuação. Dessa forma, o presente projeto tem o objetivo de compreender o fenômeno do erro médico, a partir de pressupostos e conjecturas dos profissionais da Medicina. Com base nessa compreensão será possível indagar como os médicos pensam sobre essa temática, quais concepções embasam as perspectivas dos profissionais da Medicina a respeito da avaliação e julgamento do erro, como esse tema é tratado ao longo da formação e quais práticas são adotadas para que ele seja evitado. Para o efeito, os dados serão coletados por meio do recurso metodológico de relato oral, com médicos de diversas áreas de atuação do campo da Medicina. É uma pesquisa de caráter qualitativo, na qual a Fenomenologia Existencial e a obra de Walter Benjamin constituem a base filosófica que fundamentam este estudo e auxiliarão no processo interpretativo analítico das narrativas. Além dos avanços conceituais, espera-se que este trabalho possa desenvolver novos modos de pensar, agir e atuar sobre o erro médico brasileiro e suas consequências, e que incentive e colabore com o desenvolvimento dessa área de pesquisa no país. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre a bolsa::
A diagnosis of medical error 
Un diagnóstico de los errores médicos 
Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MENDONCA, VITOR S.; SCHMIDT, MARIA LUISA S.. Physicians' attitudes regarding the disclosure of medical errors: A qualitative study. HEALTH PSYCHOLOGY RESEARCH, v. 8, n. 2, p. 109-114, . (15/09289-9, 16/23681-1)
VITOR MENDONÇA; THOMAS GALLAGHER; NICHOLAS HENDRYX. Erro médico: conceito, caracterização e gestão. Saúde e Sociedade, v. 28, n. 4, p. 255-266, . (16/23681-1, 15/09289-9)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.