Busca avançada
Ano de início
Entree

Variação genotípica e biofortificação agronômica com selênio em arroz de terras altas e relações com a qualidade nutricional do grão

Processo: 15/11690-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2015
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:André Rodrigues dos Reis
Beneficiário:Heitor Pontes Gestal Reis
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Engenharia. Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Tupã. Tupã , SP, Brasil
Assunto(s):Selênio   Nutrição mineral de plantas   Oryza sativa

Resumo

O Selênio (Se) é um importante elemento para humanos, animais e plantas, porém o Brasil, em geral, contém solos pobres em Se. O arroz é um dos produtos principais da dieta dos brasileiros, portanto a biofortificação agronômica com Se é uma estratégia para aumentar os níveis de Se na população. Pouco se sabe sobre a variação genotípica no acúmulo de Se em plantas e da possibilidade de uso de plantas mais eficientes e responsivas a aplicação de Se ao solo.Neste trabalho, objetiva-se avaliar as diferenças genotípicas quanto ao acúmulo de Se e sua relação com a qualidade nutricional dos grãos, além de avaliar a influência do Se na fisiologia e bioquímica para um melhor entendimento da sua distribuição nas partes da planta. Para avaliar e selecionar genótipos responsivos a adubação com Se, será avaliado 35 genótipos de arroz de terras altas, e 2 doses de Se (0 e 0.2 mg dm-3), com 4 repetições. Experimentos paralelos em condições de campo serão instalados para avaliar o efeito de doses de Se (0; 10; 25; 50 e 100 g ha-1) na qualidade nutricional do grão e fisiologia da planta. Para avaliar a influência do nitrogênio na eficiência de acumulação de Se em grãos de arroz de terras altas, será realizado um estudo com 5 doses de nitrogênio (0, 20, 40, 80 e 120 kg ha-1), 2 doses de Se (0 e dose recomendada de Se para arroz de terras altas a ser obtido no experimento 3). Características bioquímicas e formas orgânicas de selênio como selenometionina e selenocisteína serão analisados nos grãos colhidos de todos os experimentos. O entendimento dos fatores envolvidos na variação genotípica quanto ao acúmulo e sua interação com a resposta das culturas ao Se como fertilizante, poderá fornecer subsídios para posterior uso dessas informações no melhoramento vegetal, na nutrição mineral e adubação e na produção de alimentos de melhor qualidade nutricional.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
REIS, Heitor Pontes Gestal. Variação Genotípica e Biofortificação Agronômica com Selênio em Arroz de Terras Altas e Relações com a Qualidade Nutricional do Grão. 2017. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Engenharia (Campus de Ilha Solteira)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.