Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização de complexos supramoleculares de sólidos farmacêuticos por ressonância magnética nuclear no estado sólido e abordagens computacionais

Processo: 15/21708-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de abril de 2016
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Tiago Venancio
Beneficiário:Tiago Venancio
Anfitrião: Steven Paul Brown
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Warwick, Inglaterra  
Assunto(s):Cristalografia   Cálculos teóricos

Resumo

A caracterização de complexos supramoleculares, seja em solução ou no estado sólido é de grande interesse, sendo que uma das áreas que mais se beneficia desse tipo de estudo é a farmacêutica; pela diversidade de interações intermoleculares existentes em produtos farmacêuticos e meios biológicos e pelos reflexos dessas interações nas propriedades físico-químicas de fármacos. Dentre as várias técnicas utilizadas neste tipo de estudo a RMN certamente é uma das mais utilizadas fornecer informações em nível atômico-molecular. A RMN no estado sólido tem dado uma contribuição muito expressiva nos últimos 10 anos na caracterização de complexos supramoleculares no estado sólido, e o grupo do Prof. Steven Brown, da Universidade de Warwick, UK, certamente é um dos responsáveis por esse avanço. Suas principais contribuições estão no desenvolvimento e na aplicação de técnicas avançadas para aquisição de espectros unidimensionais e mapas bidimensionais observando principalmente o núcleo de hidrogênio. Esses experimentos privilegiam o contato através de interações dipolares que refletem em variações de deslocamento químico e aparecimento de correlações mediadas por acoplamentos dipolares (através do espaço). Além disso, os resultados experimentais têm sido cada vez mais associados a simulações teóricas, principalmente para prever deslocamentos químicos, através de uma metodologia conhecida como GIPAW. Neste sentido, nossa ideia é permanecer um período de 10 meses no grupo do Prof. Brown para aprendermos técnicas avançadas de RMN no estado sólido e também as abordagens computacionais. Dessa maneira podemos estabelecer uma relação cooperativa, no sentido de contar com a colaboração do seu grupo e também promover uma maior mobilidade dos nossos alunos. Para este trabalho pretendemos levar várias amostras preparadas por duas alunas de doutorado do nosso grupo, as quais foram, até o momento, parcialmente caracterizadas por RMN no estado sólido devido a limitações do nosso equipamento, o qual não é configurado para executar os tipos de experimentos que são realizados nos equipamentos que o grupo do Prof. Brown disponibiliza. Esperamos nosso retorno ao Brasil com uma linha de pesquisa mais consolidada, e podendo implementar técnicas de RMN no estado sólido mais avançadas, que valorizem os nossos trabalhos.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VENANCIO, TIAGO; OLIVEIRA, LYEGE MAGALHAES; PAWLAK, TOMASZ; ELLENA, JAVIER; BOECHAT, NUBIA; BROWN, STEVEN P. The use of variable temperature C-13 solid-state MAS NMR and GIPAW DFT calculations to explore the dynamics of diethylcarbamazine citrate. Magnetic Resonance in Chemistry, v. 57, n. 5, p. 200-210, MAY 2019. Citações Web of Science: 1.
VENANCIO, TIAGO; OLIVEIRA, LYEGE MAGALHAES; ELLENA, JAVIER; BOECHAT, NUBIA; BROWN, STEVEN P. Probing intermolecular interactions in a diethylcarbamazine citrate salt by fast MAS H-1 solid-state NMR spectroscopy and GIPAW calculations. SOLID STATE NUCLEAR MAGNETIC RESONANCE, v. 87, p. 73-79, OCT 2017. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.