Busca avançada
Ano de início
Entree

Participação do trânsito de cálcio e suas proteínas reguladoras na melhoria da função cardíaca de ratos com estenose aórtica supravalvar e disfunção ventricular submetidos a treinamento físico

Processo: 15/20013-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2016
Vigência (Término): 30 de setembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Antonio Carlos Cicogna
Beneficiário:Vitor Loureiro da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Função cardíaca   Treinamento físico   Cardiologia   Insuficiência cardíaca

Resumo

Diversos modelos experimentais têm sido propostos para o estudo da remodelação cardíaca (RC); dentre eles, destaca-se a indução de estenose aórtica supravalvar (EAo). Os mecanismos fisiopatológicos responsáveis pela depressão da função cardíaca neste modelo de estudo não estão totalmente esclarecidos, mas estão relacionados a alterações no trânsito de cálcio e em suas proteínas regulatórias. O trânsito de cálcio intracelular é um dos principais mecanismos responsáveis por garantir a contração e o relaxamento miocárdico; as seguintes proteínas modulam o fluxo de cálcio intracelular: canais de cálcio do tipo L, receptores de rianodina, calsequestrina, cálcio ATP'ase do RS, fosfolambam, trocador sódio/cálcio e a bomba de cálcio do sarcolema. Medidas farmacológicas e não farmacológicas têm sido empregadas para promover atenuação da disfunção cardíaca em animais com remodelação patológica. O treinamento físico é considerado uma intervenção chave na cardiologia preventiva. Especificamente, o treinamento físico aeróbio (TFa), em condição normal, aprimora a função cardíaca associada a adaptações positivas no trânsito de cálcio e em seus agentes regulatórios. Na patologia cardíaca motivada, entre outros fatores, por sobrecarga pressórica, estudos apontam que essa ferramenta restaura, total ou parcialmente, a atividade e/ou expressão das proteínas regulatórias do trânsito de cálcio, otimizando o fluxo de cálcio intracelular; evento associado à atenuação, restauração e/ou reversão do prejuízo funcional cardíaco após uma agressão. A partir dos pressupostos apontados, este trabalho tem como objetivo testar a hipótese que o treinamento físico aeróbio restaura, total ou parcialmente, a função cardíaca, retardando a transição à IC, entre outros fatores, por desencadear adaptações positivas no trânsito de cálcio intracelular miocárdico de ratos EAo. Com a finalidade de testar esta premissa aventada, será avaliada a função cardíaca, o trânsito de cálcio e a expressão gênica das proteínas envolvidas na liberação e recaptura do cálcio citosólico no miocárdio de ratos com EAo submetidos a treinamento físico.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.