Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência de diferentes parâmetros da laserfototerapia (LFT) sobre a proliferação e a migração de células-tronco de polpa dentária humana

Processo: 15/24026-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Marcia Martins Marques
Beneficiário:Giovanna Sarra
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Células-tronco   Polpa dentária   Movimento celular   Fototerapia   Laser

Resumo

Objetivo: avaliar in vitro a influência de diferentes parâmetros da laserfototerapia (LFT) na proliferação e migração de células-tronco da polpa dentária humana. Inicialmente serão testadas várias concentrações de soro fetal bovino (sfb) na suplementação do meio de cultivo para encontrar a melhor condição de déficit nutricional para evidenciação dos possíveis efeitos da LFT na proliferação celular. Serão testadas as concentrações de 10%, 5% e 2,5%, tendo a concentração ideal (15% sfb) como controle positivo. A seguir, utilizando a condição de déficit nutricional determinada no experimento anterior, serão estudados os efeitos da LFT sobre a proliferação e a migração celulares. As células serão plaqueadas em placas de 96 poços e, a seguir, serão ou não (controles) submetidas à LFT com o laser de diodo, nos comprimentos de onda 660 nm ou 808 nm; potência de 20 mW e densidades de energia de 5J/cm2 e de 20J/cm2 no modo pontual e em contato. Os ensaios de proliferação celular serão baseados na contagem de células e na análise da atividade mitocondrial (ensaio de redução do MTT) nos tempos experimentais de 24, 48, 72 e 96 horas. A migração celular será avaliada pelo ensaio do "Scratch" em culturas plaqueadas em placas de 24 poços e tratadas ou não com mitomicina. Monocamadas confluentes serão feridas com uma ponta de pipeta e, a seguir submetidas ou não (controles) à LFT. O fechamento das feridas será acompanhado nos tempos de 0, 12, 24 e 48 horas. Os dados serão analisados estatisticamente com o teste adequado e com nível de significância de 5% (pd 0,05). (AU)