Busca avançada
Ano de início
Entree

Adenocarcinoma sem outra especificação de glândulas salivares: estudo histopatológico, proteico e genético

Processo: 15/16056-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2016
Vigência (Término): 13 de outubro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Pablo Agustin Vargas
Beneficiário:Felipe Paiva Fonseca
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Patologia bucal   Neoplasias das glândulas salivares   Proteômica

Resumo

Os tumores de glândulas salivares correspondem a cerca de 5% do total de tumores de cabeça e pescoço, com uma incidência global anual estimada em 0,4 a 13,5 casos/100.000 pessoas. Devido sua grande diversidade microscópica, o diagnóstico destas neoplasias torna-se um constante desafio na rotina histopatológica e a classificação deste grupo de lesões está sendo constantemente atualizada. Nos últimos anos novas entidades foram reconhecidas, exibindo padrões clínicos e microscópicos reprodutíveis, sendo possivelmente incluídas na próxima classificação de tumores de glândulas salivares da Organização Mundial da Saúde. Entretanto, cerca de 20% das neoplasias malignas de glândulas salivares ainda são diagnosticadas como adenocarcinomas sem outra especificação (SOE), representando um grupo altamente heterogêneo cujo diagnóstico representa a impossibilidade de se reconhecer qualquer outra entidade. Assim, o objetivo deste estudo é realizar uma caracterização clinicopatológica e molecular de casos diagnosticados como adenocarcinomas SOE de glândulas salivares, recuperando-se retrospectivamente cerca de 100 casos dos arquivos da Universidade Estadual de Campinas e da Universidade de Pretoria (África do Sul) e submetendo-os à análise histopatológica, imunoistoquímica contra os antígenos AE1/AE3, CK7, p63, actina de músculo liso, calponina, CD56, S100 e Ki67, espectrometria de massa e hibridização in situ por fluorescência (FISH). Os dados clínicos e de acompanhamento serão recuperados dos prontuários médicos destes pacientes. Esperamos ao término deste projeto, poder melhor caracterizar este grupo de tumores malignos, possivelmente identificando novas entidades que exibam comportamento clínico semelhante e um perfil microscópico e molecular reprodutível, permitindo um aperfeiçoamento da classificação destas neoplasias.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FONSECA, FELIPE PAIVA; SOARES MACEDO, CAROLINA CARNEIRO; DOS SANTOS COSTA, SARA FERREIRA; PAES LEME, ADRIANA FRANCO; RODRIGUES, ROMENIA RAMOS; REBELO PONTES, HELDER ANTONIO; ALTEMANI, ALBINA; VAN HEERDEN, WILLIE F. P.; MARTINS, MANOELA DOMINGUES; DE ALMEIDA, OSLEI PAES; SANTOS-SILVA, ALAN ROGER; LOPES, MARCIO AJUDARTE; VARGAS, PABLO AGUSTIN. Mass spectrometry-based proteome profile may be useful to differentiate adenoid cystic carcinoma from polymorphous adenocarcinoma of salivary glands. ORAL SURGERY ORAL MEDICINE ORAL PATHOLOGY ORAL RADIOLOGY, v. 128, n. 6, p. 639-650, DEC 2019. Citações Web of Science: 0.
DO AMARAL-SILVA, GLEYSON KLEBER; MARTINS, MANOELA DOMINGUES; REBELO PONTES, HELDER ANTONIO; FREGNANI, EDUARDO RODRIGUES; LOPES, MARCIO AJUDARTE; FONSECA, FELIPE PAIVA; VARGAS, PABLO AGUSTIN. Mismatch repair system proteins in oral benign and malignant lesions. JOURNAL OF ORAL PATHOLOGY & MEDICINE, v. 46, n. 4, p. 241-245, APR 2017. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.