Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da expressão de Rho GTPases em neoplasias mielóides

Processo: 15/26632-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2016
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Sara Teresinha Olalla Saad
Beneficiário:Luciana Bueno de Paiva
Instituição-sede: Centro de Hematologia e Hemoterapia (HEMOCENTRO). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/51959-0 - Biologia das doenças neoplásicas da medula óssea, AP.TEM
Assunto(s):Proteínas rho de ligação ao GTP   Síndromes mielodisplásicas   Hematologia

Resumo

As síndromes mielodisplásicas (SMD) são desordens resultantes de alterações em células-tronco hematopoéticas, caracterizadas por hematopoese ineficaz e pela progressão para leucemia mieloide aguda (LMA) em um terço dos pacientes. A ocorrência da leucemia mieloide aguda resulta de uma combinação de mutações e alterações em funções proteicas que conferem a capacidade de proliferação, defeito na diferenciação e apoptose celular. As Rho GTPases são uma família de 20 proteínas que participam de diversos processos celulares tais como rearranjo do citoesqueleto, dinâmica de microtúbulos, migração, adesão e polarização celular, bem como no controle da formação e progressão tumoral. As 3 proteínas Rho GTPases mais estudadas são RhoA, Rac e Cdc42 e estão relacionadas ao desenvolvimento tumoral, inclusive na fisiopatologia de neoplasias hematológicas. Entretanto, poucos estudos foram realizados para investigar o papel dos outros membros desta família em neoplasias.