Busca avançada
Ano de início
Entree

Circulação transatlântica de prosa de ficção infantil no Rio de Janeiro durante a segunda metade do século XIX (1850-1914)

Processo: 15/23513-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2016
Vigência (Término): 30 de novembro de 2017
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Teoria Literária
Pesquisador responsável:Orna Messer Levin
Beneficiário:Suzana Palermo de Sousa
Instituição-sede: Instituto de Estudos da Linguagem (IEL). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Literatura infantojuvenil   Livro infantil   Intercâmbio cultural   Formação de leitores   Rio de Janeiro

Resumo

Durante o século XIX, assiste-se à disseminação dos impressos, principalmente no Rio de Janeiro, em virtude da chegada da Família Real Portuguesa e da consequente vinda de editores e comerciantes. É nesse período, associado à atenção para a concepção de infância, que se intensifica a publicação de livros infantis, sendo os editores os prováveis principais mediadores no processo livro-leitor. No entanto, os títulos ficcionais que já circulavam entre as crianças fluminenses são analisados genuinamente, sem serem conectados com ideias de transnacionalidade e formação comum do gosto literário. Quando são, fecham-se em um único editor, e, ainda, não consideram possíveis designação para o público infantil feminino e masculino. Através de um levantamento em fontes primárias, o intuito dessa pesquisa é mapear títulos infantis que circulavam no Rio de Janeiro durante a segunda metade do século XIX. O intercâmbio cultural da literatura infantil, principalmente através do trabalho dos editores, poderá indicar a formação comum do gosto literário desde a infância, contribuindo, assim, com as pesquisas em curso do projeto temático "A circulação transatlântica dos impressos - a globalização da cultura no século XIX", que analisa também a formação do gosto letrado.