Busca avançada
Ano de início
Entree

O posicionamento escapular durante a realização do teste de low flexion em sujeitos assintomáticos para dor no ombro

Processo: 16/00388-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2016
Vigência (Término): 31 de agosto de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Paula Rezende Camargo
Beneficiário:Julia Kortstee Ferreira
Supervisor no Exterior: John David Borstad
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : Ohio State University, Columbus, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:14/24388-0 - Efeitos de um protocolo de fisioterapia em sujeitos com encurtamento da cápsula posterior e dor no ombro, BP.IC
Assunto(s):Escápula   Ombro

Resumo

O teste de Low Flexion (LF) é um novo método utilizado na clínica para quantificar o encurtamento da cápsula posterior. O LF teste mensura a rotação interna da articulação glenoumeral a 60º de flexão do braço. Embora tal teste tenha apresentado uma boa confiabilidade e validade para avaliar o encurtamento da cápsula posterior, acredita-se que o posicionamento da escápula possa afetar os resultados do teste. Sendo assim, o objetivo do presente estudo será analisar a posição da escápula durante a execução do LF teste em sujeitos assintomáticos para dor no ombro. Os participantes do estudo deverão ter entre 18 e 30 anos e ser assintomáticos para dor no ombro. Ambos os ombros serão avaliados. A avaliação da cinemática 3-D da escápula durante o LF teste será feita por meio de um dispositivo de rastreamento eletromagnético. Uma ANOVA de medidas repetidas será utilizada para comparar a orientação da escápula em três posições distintas mensuradas bilateralmente. Será adotado um nível de significância de p<0.05.