Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito aditivo da dinapenia e obesidade (obesidade dinapênica) sobre a incidência de incapacidade e óbito em idosos: uma análise comparativa entre Brasil e Inglaterra

Processo: 15/20294-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de agosto de 2016
Vigência (Término): 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Pesquisador responsável:Tiago da Silva Alexandre
Beneficiário:Tiago da Silva Alexandre
Anfitrião: Cesar Messias de Oliveira
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : University College London (UCL), Inglaterra  
Vinculado ao auxílio:14/50649-6 - Estudo SABE: estudo longitudinal de múltiplas coortes sobre as condições de vida e saúde dos idosos do município de São Paulo - coorte 2015, AP.TEM
Assunto(s):Sobrevida   Geriatria   Dinapenia   Incidência   Obesidade

Resumo

A dinapenia, diminuição da força muscular relacionada à idade, e a obesidade são, isoladamente, fatores de risco para declínio funcional e óbito em idosos. Entretanto, há, ainda, poucas evidências de que a obesidade aliada à dinapenia, conceituada como obesidade dinapênica, teria efeito aditivo na incidência de incapacidade e óbito em idosos. Dessa forma, o objetivo desse estudo é analisar o efeito aditivo da dinapenia e da obesidade abdominal na incidência de dificuldade de mobilidade, em atividades básicas de vida diária (ABVD), atividades instrumentais de vida diária (AIVD) e na mortalidade, num período de acompanhamento de dez anos, comparando seus efeitos entre idosos participantes do Estudo Saúde, Bem-Estar e Envelhecimento (Estudo SABE) e do English Longitudinal Study of Ageing (ELSA - Inglaterra). Para tal, serão utilizados os dados da primeira onda do Estudo SABE (2000), composta de 2.143 idosos, e do Estudo ELSA (2002/2003), composta de 7.246 idosos. A incidência de dificuldade de mobilidade e em ABVD e AIVD serão analisadas através da densidade de incidência e as taxas de mortalidade serão calculadas. O efeito aditivo da dinapenia e da obesidade abdominal sobre a incidência de dificuldade de mobilidade, em ABVD e AIVD serão analisados através de Generalized Estimating Equations (GEE), Random effects models e Growth curve models e sobre a mortalidade com modelo de riscos proporcionais de Cox.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ALEXANDRE, TIAGO DA SILVA; SCHOLES, SHAUN; FERREIRA SANTOS, JAIR LICIO; DE OLIVEIRA, CESAR. Dynapenic Abdominal Obesity as a Risk Factor for Worse Trajectories of ADL Disability Among Older Adults: The ELSA Cohort Study. JOURNALS OF GERONTOLOGY SERIES A-BIOLOGICAL SCIENCES AND MEDICAL SCIENCES, v. 74, n. 7, p. 1112-1118, JUL 2019. Citações Web of Science: 1.
ALEXANDRE, TIAGO DA SILVA; SCHOLES, SHAUN; FERREIRA SANTOS, JAIR LICIO; DE OLIVEIRA DUARTE, YEDA APARECIDA; DE OLIVEIRA, CESAR. The combination of dynapenia and abdominal obesity as a risk factor for worse trajectories of IADL disability among older adults. Clinical Nutrition, v. 37, n. 6, A, p. 2045-2053, DEC 2018. Citações Web of Science: 3.
ALEXANDRE, T. DA SILVA; SCHOLES, S.; FERREIRA SANTOS, J. L.; DE OLIVEIRA DUARTE, Y. A.; DE OLIVEIRA, C. Dynapenic Abdominal Obesity Increases Mortality Risk Among English and Brazilian Older Adults: A 10-Year Follow-Up of the ELSA and SABE Studies. Journal of Nutrition Health & Aging, v. 22, n. 1, p. 138-144, JAN 2018. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.