Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do laser vermelho na regeneração hepática e na expressão de micro-RNAs de fígados remanescentes, após hepatectomia parcial a 70%, preservados hipotermicamente

Processo: 15/21090-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2016
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Orlando de Castro e Silva Junior
Beneficiário:Kelvin Henrique Vilalva
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Gastroenterologia   Anestesia geral   Regeneração hepática   Expressão de proteínas   Hipotermia   Hepatectomia   MicroRNAs   Marcação in situ das extremidades cortadas   Reação em cadeia da polimerase em tempo real   Ratos Wistar

Resumo

Após hepatectomia parcial (HP) o fígado remanescente (FR) apresenta resposta regenerativa, guardando sempre uma relação percentual com o hospedeiro. Não há dados precisos na literatura sobre regeneração hepática de FR durante preservação hipotérmica. O objetivo deste estudo é analisar a regeneração do FR após HP em condições de preservação hipotérmica, com e sem estímulo com luz laser. Método: Por cálculo de tamanho amostral de Kelley and Maxwell, 112 ratos machos Wistar serão estudados. 56 ratos serão divididos em quatro grupos de 14 animais: controle-FTNP (fígado total não perfundido); FTP (fígado total perfundido); HPS (hepatectomia parcial (HP) a 70% in situ) e HPP com HP a 70% perfundido ex situ que serão cotejados com outros 56 ratos divididos em 4 grupos de 14, de mesmo nome, mas que receberão aplicação de luz laser no comprimento de onda de 660 nm a 30 mW de potência, com dose de irradiação de 22.5 J/cm2. Todos os animais, portanto, num total de 112 serão submetidos à anestesia geral e a seguir operados. A perfusão hepática será feita com 250 ml de solução de Celsior, com cateter conectado a uma coluna líquida de 1,30 cm de altura. Dezoito horas após o ato operatório amostras do tecido hepático serão submetidas à análise da expressão protéica de Ki67 e PCNA, a análises do perfil de expressão dos microRNAs: miR-21 e miR-16 por PCR em tempo real e da função mitocondrial pelo método polarográfico. A análise estatística será feita com o teste de Mann-Whitney com significância de 5%.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)