Busca avançada
Ano de início
Entree

Obesidade, dinapenia e obesidade dinapênica como fatores associados a quedas em idosos residentes no Município de São Paulo - Estudo SABE

Processo: 15/18291-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2016
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Pesquisador responsável:Tiago da Silva Alexandre
Beneficiário:Roberta de Oliveira Máximo
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/50649-6 - Estudo SABE: estudo longitudinal de múltiplas coortes sobre as condições de vida e saúde dos idosos do município de São Paulo - coorte 2015, AP.TEM
Assunto(s):Obesidade   Dinapenia   Saúde pública

Resumo

As quedas atingem mais de um terço da população idosa e podem levar a limitação funcional, hospitalização, institucionalização precoce e óbito. Dessa forma, identificar fatores de risco modificáveis é essencial para a atuação precoce dos profissionais de saúde evitando que tais desfechos negativos se concretizem. A força muscular é fundamental no mecanismo de controle postural normal e sua redução, à medida que se envelhece, denominada dinapenia, interfere na capacidade do músculo em responder as correções posturais. Além da dinapenia, o aumento da gordura corporal ocorre com o avanço da idade e contribui com a diminuição da força muscular. Há, ainda, poucas evidências de que a obesidade aliada à dinapenia, conceituada como obesidade dinapênica, pode estar associada à quedas em idosos e nenhuma análise dessa natureza foi conduzida com a população latino americana. Dessa forma, o objetivo desse estudo é analisar a associação entre obesidade, dinapenia e obesidade dinapênica com a ocorrência de uma ou mais quedas em idosos residentes no Município de São Paulo. Para tal, será utilizada a terceira onda do Estudo SABE (2010), composta de 1344 idosos. As comparações de médias entre os caidores e não caidores serão realizadas através do Rao and Scott Wald test e as comparações de proporções serão realizadas através do teste qui quadrado. Para analisar os fatores associados à quedas e à múltiplas quedas será utilizada a regressão logística. Descritores: Obesidade, dinapenia, obesidade dinapênica, quedas, quedas recorrentes, idosos, Estudo SABE.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MAXIMO, ROBERTA DE OLIVEIRA; FERREIRA SANTOS, JAIR LICIO; PERRACINI, MONICA RODRIGUES; DE OLIVEIRA, CESAR; DE OLIVEIRA DUARTE, YEDA APARECIDA; ALEXANDRE, TIAGO DA SILVA. Abdominal obesity, dynapenia and dynapenic-abdominal obesity as factors associated with falls. BRAZILIAN JOURNAL OF PHYSICAL THERAPY, v. 23, n. 6, p. 497-505, NOV-DEC 2019. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.