Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da exposição ao formaldeído sobre a inflamação e a função pulmonar em modelo experimental de fibrose pulmonar idiopática

Processo: 15/06678-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Adriana Lino dos Santos Franco
Beneficiário:Mayara Peres Leal
Instituição-sede: Universidade Nove de Julho (UNINOVE). Campus Vergueiro. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Pneumonia   Pneumopatias   Poluição ambiental   Função pulmonar   Fibrose pulmonar idiopática   Bleomicina   Formaldeído   Estudos epidemiológicos

Resumo

A poluição ambiental/ocupacional tem sido objeto de estudo de muitos pesquisadores devido as suas graves implicações em saúde pública. O Formaldeído (FA) é um agente químico amplamente utilizado em diversas indústrias, em laboratórios de anatomia, patologia, histologia, emitido pela queima de combustíveis, pela queima do gás de cozinha e também expelido na fumaça do cigarro, o que o caracteriza como um poluente ambiental/ocupacional. O FA é um irritante das vias aéreas e indutor de inflamação pulmonar, além de possuir potencial efeito carcinogênico. A literatura tem mostrado a correlação entre exposição a poluente e desenvolvimento ou agravamento de doenças pulmonares. Neste contexto, nosso grupo tem focado os estudos à ação danosa da exposição ao FA sobre o tecido pulmonar. Dentre as doenças pulmonares a fibrose pulmonar idiopática (FPI) é uma importante doença com caráter progressivo e crônico cuja etiologia é desconhecida e a incidência é alta apresentando considerável morbidade e mortalidade. Estudos incipientes mostram piora de pacientes com FPI quando expostos a poluentes como ozônio e dióxido de nitrogênio, sugerindo que a poluição pode contribuir para o agravamento da doença. Sendo assim, o impacto da poluição sobre o curso da FPI ainda não está bem elucidado necessitando assim ser investigado. Com base nesta observação e no nosso tema de pesquisa, o estudo da associação da exposição ao FA e suas consequências para o agravamento da FPI será o tema de estudo deste projeto. Nossos estudos priorizarão a análise de células presentes no pulmão, liberação e expressão gênica de citocinas inflamatórias e anti-inflamatórias e avaliação da mecânica pulmonar. Este projeto foi concebido considerando que a investigação dos mecanismos envolvidos nos efeitos causados pela poluição seja, hoje, um fato imprescindível para explicar os dados epidemiológicos inquestionáveis dos danos causados à saúde humana além de contribuir para a elucidação da patogênese da FPI.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LEAL, MAYARA PERES; BROCHETTI, ROBSON ALEXANDRE; IGNACIO, ALINE; SARAIVA CAMARA, NIELS OLSEN; DA PALMA, RENATA KELLY; FRANCO DE OLIVEIRA, LUIS VICENTE; TEIXEIRA DA SILVA, DANIELA DE FATIMA; LINO-DOS-SANTOS-FRANCO, ADRIANA. Effects of formaldehyde exposure on the development of pulmonary fibrosis induced by bleomycin in mice. TOXICOLOGY REPORTS, v. 5, p. 512-520, 2018. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.