Busca avançada
Ano de início
Entree

Resposta ao tratamento da osteoporose e da osteopenia em portadores de cirrose hepática

Processo: 14/22572-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2016
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Dietética
Pesquisador responsável:Fernando Gomes Romeiro
Beneficiário:Lívia Alves Amaral Santos
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Composição corporal   Cirrose hepática   Gastroenterologia   Doenças ósseas metabólicas   Osteoporose

Resumo

Introdução: Pacientes com cirrose hepática sofrem perda de massa óssea por diversos mecanismos, como a baixa ingestão de micro e macronutrientes e a falta de atividade física. Ao mesmo tempo, essa população é comumente privada do tratamento de sua condição óssea, particularmente na cirrose avançada, devido à presença de varizes esofágicas. Objetivos: Avaliar se portadores de cirrose com osteoporose seriam capazes de recuperar sua densidade mineral óssea pelo tratamento medicamentoso com risedronato associado a suplementação nutricional (cálcio e vitamina D), e se os indivíduos com osteopenia seriam capazes de recuperar sua densidade mineral óssea pela suplementação nutricional. Métodos: A avaliação da massa óssea será feita através da DEXA (dual-energy X-Ray Absormetry), a avaliação nutricional por antropometria, handgrip, bioimpedância elétrica e a avaliação da capacidade física pelo teste de caminhada. Exames bioquímicos associados ao grau de disfunção hepática e à perda de massa óssea serão também realizados. Todos os exames serão feitos no início e no final do estudo, e exames endoscópicos para avaliar o impacto sobre as varizes esofágicas serão realizados periodicamente. Análise estatística: Para comparação dos mesmos indivíduos em dois momentos será usado o teste t pareado. Resultados esperados: Registrar de forma inédita na literatura a capacidade de pacientes cirróticos responderem ao tratamento de sua condição óssea, mostrando dados sobre a segurança desses tratamentos e relacionando as alterações ósseas à massa muscular e à capacidade funcional desses indivíduos.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ROMEIRO, FERNANDO GOMES; IETSUGU, MARJORIE DO VAL; FRANZONI, LETICIA DE CAMPOS; AUGUSTI, LAIS; ALVAREZ, MATHEUS; AMARAL SANTOS, LIVIA ALVES; LIMA, TALLES BAZEI; KOGA, KATIA HIROMOTO; MORIGUCHI, SONIA MARTA; CARAMORI, CARLOS ANTONIO; SILVA, GIOVANNI FARI; GOMES GARCIA BETTING, LUIZ EDUARDO. Which of the branched-chain amino acids increases cerebral blood flow in hepatic encephalopathy? A double-blind randomized trial. NEUROIMAGE-CLINICAL, v. 19, p. 302-310, 2018. Citações Web of Science: 1.
AMARAL SANTOS, LIVIA ALVES; ROMEIRO, FERNANDO GOMES. Diagnosis and Management of Cirrhosis-Related Osteoporosis. BIOMED RESEARCH INTERNATIONAL, 2016. Citações Web of Science: 7.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SANTOS, Lívia Alves Amaral. Resposta ao tratamento da osteoporose e osteopenia em portadores de cirrose hepática. 2019. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Medicina..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.