Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização e estudo comparativo de exsudações de hidrocarbonetos e plays petrolíferos em bacias terrestres das regiões central do irá e Sudeste do Brasil usando sensoriamento remoto espectral

Processo: 15/06663-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2016
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Carlos Roberto de Souza Filho
Beneficiário:Saeid Asadzadeh
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Sensoriamento remoto   Petróleo

Resumo

Os reservatórios de hidrocarbonetos (HC) não são completamente selados e permitem escapes de HCs para a superfície ao longo do tempo. Esses escapes, conhecidos como exsudações, produzem transformações físico-químicas e mineralógicas discerníveis na superfície, as quais são previstas e descritas nos modelos clássicos de exsudação. As transformações induzidas por exsudação são caracterizadas por (1) concentração anômala de gás; (2) anomalias microbiana e geobotânica; (3) modificações mineralógicas, tais como alteração de argila e formação de carbonatos, sulfetos e enxofre elementar; (4) facies com bleaching (descoloração, em função da remoção do ferro férrico); (5) mudanças eletroquímicas; e (7) anomalias radiométricas. Muitas dessas assembléias minerais (por exemplo: argilas, carbonatos e óxidos de ferro) mostram características espectrais diagnósticas em comprimentos de onda do visível e infravermelho próximo e de ondas curtas. Embora numerosas iniciativas tenham sido feitas no sentido de desenvolver métodos de sensoriamento remoto rápidos e de baixo custo para a geração de alvos, avaliação de plays petrolíferos e redução do risco exploratório, ainda existe uma grande distância entre o potencial do sensoriamento remoto, os resultados até aqui atingidos e a demanda da indústria do petróleo. O Irã detém uma das maiores reservas de HCs em bacias continentais do mundo, a maior parte das quais encerradas modernamente em condições de clima árido à semi-árido. Como resultado, a maioria de suas bacias ricas ou potencialmente ricas em HCs exibem ampla variedade de substratos expostos na superfície.Considerando-se a bacia sedimentar de Qom, no Irã, como área de estudo, esta pesquisa tem como objetivo empregar o estado-da-arte de dados e métodos de sensoriamento remoto, numa aproximação multi-escalar, para revelar a presença de HCs na superfície, compreender os processos químicos e físicos responsáveis pela alteração litológica, avaliar os efeitos do clima e do intemperismo e, em seguida, estabelecer indicadores mineralógicos induzidos por HCs que possam ser detectados por abordagens de sensoriamento remoto orbital. Para alcançar tais objetivos, este trabalho irá integrar evidências a partir (1) de mapas de alteração de ampla escala extraídos de dados dos sensores ASTER, Landsat e WorldView-3, (2) de investigação de campo e densa amostragem, (3) espectroscopia proximal, e (4) geoquímica analítica. Para construir um panorama claro das alterações, a mineralogia, geoquímica e petrografia das facies litológicas afetadas pelas esxudações serão contrastadas com afloramentos intactos, isentos de alteração.Existem várias linhas de evidências que sugerem semelhanças entre a mineralogia de reservatórios de HC exumados e fácies litológicas alteradas por exsudações. Para se ter uma compreensão mais profunda de tais indicações e estabelecer um possível paralelo entre esses dois fenômenos, um segundo estudo de caso será desenvolvido na região do município de Anhembi (SP), sudeste do Brasil, que encerra afloramentos de rochas reservatório de HCs e equivalentes desprovidos desses compostos. Esses sítios serão abordados com o uso de medidas espectrais in-situ com espectrômetros perfiladores e imageadores e a partir de dados do sensor orbital WorldView-3. Dado o nível de exposição das rochas e grande extensão dos red-beds na área de estudo de Qom, isso a torna um laboratório ideal para pesquisas na área de sensoriamento remoto visando revelar a fenomenologia das esxudações, desde a escala de afloramento até a escala de reservatório, assim como estabelecer modelos representativos e métodos que possam ser utilizados ao nível global em áreas geologicamente pouco conhecidas, ou onde o acesso é limitado por restrições ambientais e legais.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ASADZADEH, SAEID; DE SOUZA FILHO, CARLOS ROBERTO; NANNI, MARCOS R.; BATEZELLI, ALESSANDRO. Multi-scale mapping of oil-sands in Anhembi (Brazil) using imaging spectroscopy. International Journal of Applied Earth Observation and Geoinformation, v. 82, OCT 2019. Citações Web of Science: 0.
ASADZADEH, SAEID; DE SOUZA FILHO, CARLOS ROBERTO. Spectral remote sensing for onshore seepage characterization: A critical overview. EARTH-SCIENCE REVIEWS, v. 168, p. 48-72, MAY 2017. Citações Web of Science: 20.
ASADZADEH, SAEID; DE SOUZA FILHO, CARLOS ROBERTO. Iterative Curve Fitting: A Robust Technique to Estimate the Wavelength Position and Depth of Absorption Features From Spectral Data. IEEE TRANSACTIONS ON GEOSCIENCE AND REMOTE SENSING, v. 54, n. 10, p. 5964-5974, OCT 2016. Citações Web of Science: 2.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ASADZADEH, Saeid. . 2018. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geoci?ncias.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.