Busca avançada
Ano de início
Entree

RITMO CIRCADIANO NA PRODUÇÃO E LIBERAÇÃO DE MICROCISTINAS, EXPRESSÃO DO GENE mcyE E ESTRESSE FISIOLÓGICO EM CIANOBACTÉRIAS: IMPLICAÇÕES DAS MUDANÇAS CLIMÁTICAS GLOBAIS

Processo: 15/17397-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2016
Vigência (Término): 31 de agosto de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Maria Do Carmo Bittencourt de Oliveira
Beneficiário:Micheline Kézia Cordeiro de Araújo
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):17/15769-9 - A influência da radiação UV e elevadas temperaturas sobre o sequestro de dióxido de carbono e produção de microcistinas por linhagens de Microcystis, BE.EP.PD
Assunto(s):Estresse oxidativo   Expressão gênica   Microcistinas   Cianobactérias   Mudança climática   Ecotoxicologia

Resumo

Devido aos recorrentes eventos de mudanças climáticas globais, diversos fatores combinados têm favorecido a formação de florações de cianobactérias tóxicas e aumento na produção de cianotoxinas. As microcistinas (MC) são cianotoxinas que apresentam-se amplamente distribuídas em ambientes de água doce no mundo, com vários registros de intoxicação humana e óbitos. Nesse sentido, o conhecimento dos processos de ritmos circadianos (processos endógenos) e ecofisiológicos envolvidos na produção e liberação de microcistinas é de grande interesse científico, pois pode servir como medidas mitigatórias para os ecossistemas aquáticos, manejo e prevenção de acidentes. Esse estudo tem por objetivo avaliar os efeitos combinados das condições de mudanças climáticas de intensidade luminosa, temperatura e radiação ultravioleta (UV-B) sobre o ritmo circadiano da produção e liberação de microcistinas, expressão do gene mcyE, estresse oxidativo e crescimento de Microcystis aeruginosa (BCCUSP232) e Sphaerospermopsis aphanizomenoides (BCCUSP55). Os experimentos serão realizados sob condições controladas, simulando combinações de condições de mudanças climáticas que ocorrem na natureza através de ciclos de 24h (claro:escuro, 12:12h) durante a fase exponencial de crescimento de cianobactérias. Durante os ciclos, amostras serão coletadas a cada 4 horas e analisadas quanto aos efeitos dessa combinação sobre o ritmo circadiano da produção e liberação de microcistinas por quota celular, expressão do gene mcyE, estresse oxidativo (produção de espécies reativas de oxigênio, atividade de catalase, superóxido dismutase e peroxidase) e crescimento de cianobactérias. Testes estatísticos serão aplicados de acordo com a normalidade e homogeneidade dos dados.

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LORENZI, ADRIANA STURION; CORDEIRO-ARAUJO, MICHELINE KEZIA; CHIA, MATHIAS AHII; BITTENCOURT-OLIVEIRA, MARIA DO CARMO. Cyanotoxin contamination of semiarid drinking water supply reservoirs. ENVIRONMENTAL EARTH SCIENCES, v. 77, n. 16 AUG 2018. Citações Web of Science: 2.
CORDEIRO-ARAUJO, MICHELINE KEZIA; CHIA, MATHIAS AHII; BITTENCOURT-OLIVEIRA, MARIA DO CARMO. Potential human health risk assessment of cylindrospermopsin accumulation and depuration in lettuce and arugula. HARMFUL ALGAE, v. 68, p. 217-223, SEP 2017. Citações Web of Science: 8.
CHIA, MATHIAS AHII; CORDEIRO-ARAUJO, MICHELINE KEZIA; LORENZI, ADRIANA STURION; BITTENCOURT-OLIVEIRA, MARIA DO CARMO. Cylindrospermopsin induced changes in growth, toxin production and antioxidant response of Acutodesmus acuminatus and Microcystis aeruginosa under differing light and nitrogen conditions. ECOTOXICOLOGY AND ENVIRONMENTAL SAFETY, v. 142, p. 189-199, AUG 2017. Citações Web of Science: 5.
CORDEIRO-ARAUJO, MICHELINE KEZIA; CHIA, MATHIAS AHII; DE TOLEDO ARRUDA-NETO, JOAO DIAS; TORNISIELO, VALDEMAR LUIZ; VILCA, FRANZ ZIRENA; BITTENCOURT-OLIVEIRA, MARIA DO CARMO. Microcystin-LR bioaccumulation and depuration kinetics in lettuce and arugula: Human health risk assessment. Science of The Total Environment, v. 566, p. 1379-1386, OCT 1 2016. Citações Web of Science: 13.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.