Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo das variações nos padrões de diversidade de mosquitos (Diptera: Culicidae) e sua resposta a diferentes condições ambientais, climáticas e de parâmetros físicos e químicos da água de criadouros

Processo: 15/24279-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2016
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Pesquisador responsável:Mauro Toledo Marrelli
Beneficiário:Amanda Alves Camargo
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Biodiversidade   Entomologia   Parâmetros

Resumo

A família dos culicídeos é diversa e possui muitas espécies com alta relevância epidemiológica. A melhora de nossa compreensão e predição sobre risco de transmissão de doenças e desenvolvimento de novas estratégias de controle para estes insetos pode depender de um melhor entendimento da ecologia e dos fatores que influenciam a sobrevivência das larvas nos criadouros. O conhecimento da biodiversidade também é de extrema importância, uma vez que ela pode influenciar os ciclos de doenças infecciosas, principalmente em áreas verdes impactadas devido ao processo de urbanização. Dessa maneira, o objetivo desse projeto é investigar a influência conjunta de fatores ambientais, climáticos, químicos e físicos sobre a riqueza, abundância e composição de culicídeos em diferentes tipos de criadouros. Os imaturos serão coletados em áreas com diferentes graus de ocupação humana, no Parque Estadual da Cantareira e na Área de Proteção Ambiental Capivari-Monos, dois remanescentes de Mata Atlântica no município de São Paulo, durante 14 meses. Serão mensurados parâmetros físicos e químicos da água dos criadouros temperatura e pluviosidade, avaliando a resposta da diversidade de imaturos às variações destes parâmetros. Serão realizadas análises estatísticas, levando-se em consideração riqueza, composição e abundância de espécies com o intuito de observar de que maneira a diversidade é afetada por esses parâmetros, sendo possível realizar uma análise integrada de fatores ambientais, climáticos e físicos e químicos dos criadouros para um melhor entendimento da ecologia das espécies, como estas respondem a diferentes condições e habitats e quais as implicações epidemiológicas.