Busca avançada
Ano de início
Entree

Interjeições como indexicais: contrapondo teorias

Processo: 15/23206-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística
Pesquisador responsável:Renato Miguel Basso
Beneficiário:Ariane Teixeira
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Semântica formal

Resumo

Dentre as classes de palavras tradicionalmente reconhecidas, a das interjeições é certamente aquela menos estudada, e por isso contamos ainda com definições vagas nas gramáticas e em vários estudos linguísticos que, em geral, se resumem a uma lista de palavras cuja função é "expressar sentimentos e emoções". Tal definição não apenas diz muito pouco sobre essa classe, mas está equivocada, pois (i) há outras palavras que também expressam sentimentos e emoções, e (ii) nem todas as interjeições têm como função expressar sentimentos e emoções. É justamente devido a essa escassez de estudos e a algumas concepções equivocadas sobre os itens dessa classe, aliado à sua grande produtividade, que realizamos, entre 2014 e 2015, uma iniciação científica com a FAPESP (processo número 2014/05053-8; Teixeira, 2014, 2015). Portanto, com base nos resultados adquiridos no projeto anterior que propomos uma nova perspectiva teórica sobre esses itens. Neste sentindo iremos explorar o trabalho de Predelli (2013), que tem como horizonte estudos sobre os contextos de uso das interjeições e outros itens que são denominados de expressivos. A análise do autor explora de modo interessante e muito bem articulada a ideia de restrições aplicadas a contextos de uso, uma ideia que temos como objetivo investigar e contrastar com nossa proposta sobre esses itens que elaboramos no projeto anterior. Ao fazermos uma exploração sobre esse assunto, garantimos um refinamento da interpretação das interjeições, aumentando o escopo das teorias formais sobre o significado em língua natural. E, ao mesmo, aumentaremos nosso conhecimento sobre as interjeições em PB e seu funcionamento, um assunto que somente começou a ser explorado.