Busca avançada
Ano de início
Entree

Neurodegeneração induzida pelo uso crônico do álcool no núcleo paraventricular do hipotálamo: uma análise estereológica

Processo: 15/25314-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2016
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Anatomia
Pesquisador responsável:Isabel Cristina Céspedes
Beneficiário:Lana Fortes Silva
Instituição-sede: Instituto de Saúde e Sociedade (ISS). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Baixada Santista. Santos , SP, Brasil
Assunto(s):Degeneração neural   Estereologia   Alcoolismo   Núcleo hipotalâmico paraventricular

Resumo

A dependência de álcool, assim como outras drogas, é um problema mundial. Como consequência, o uso abusivo de álcool causa sérios problemas à saúde e à sociedade, sendo responsável por cerca de 2,25 milhões de mortes por ano. O uso crônico dessa substância pode causar alterações neuroplásticas em regiões do cérebro associadas ao prazer, tomada de decisão e resposta de estresse. Uma dessas regiões é o Núcleo Paraventricular do Hipotálamo (PVH), região responsável pelo controle homeostático e produção de hormônios desencadeadores da resposta de estresse. Por outro lado, o álcool tem a capacidade de provocar a morte neuronal em diversas regiões do cérebro, inclusive no PVH, através de diversos mecanismos. Para averiguar de forma precisa essa neurodegeneração, faremos um estudo estereológico no Núcleo Paraventricular Hipotalâmico e correlacionaremos esses dados com os resultados de um teste comportamental de tomada de decisão. Utilizaremos vinte e quatro ratos Wistar, divididos em grupos: Controle (C), Álcool 4 semanas (AL4) que serão submetidos a um protocolo de ingesta de álcool pelo paradigma das duas garrafas por quatro semanas, Álcool 8 semanas (AL8), com o mesmo protocolo do grupo anterior, porém por oito semanas e o grupo Tomada de Decisão (TD) que consumirá o álcool da mesma forma que o grupo AL8 e passará por um teste de tomada de decisão baseada no esforço, no Labirinto em T Elevado, ao início e final do protocolo de ingesta. Todos os animais serão eutanasiados e seus cérebros serão coletados, processados histologicamente e submetidos ao método estereológico do Dissector Optico, para estimativa do número total de neurônios, volume médios dos neurônios, volume total da região, volume total dos neurônios e densidade volumétrica dos neurônios. Esses dados mostrarão o efeito progressivo da morte neuronal por uma estimativa precisa e não enviesada e serão comparados com os dados do teste comportamental para correlacionar a morte neuronal com déficits na capacidade cognitiva (processo de tomada de decisão). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)