Busca avançada
Ano de início
Entree

As ideias estéticas de Lukács e Adorno e seu lugar na crítica literária de Roberto Schwarz

Processo: 15/19865-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2016
Vigência (Término): 30 de junho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia
Pesquisador responsável:Antonio Ianni Segatto
Beneficiário:Elvis Paulo Couto
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Sociologia da literatura   Estética (arte)   Processo social   Crítica literária   Análise crítica do discurso   Ensaio literário

Resumo

Pretendemos analisar a presença das ideias estéticas de Lukács e Adorno no ensaio "Um Mestre na Periferia do Capitalismo: Machado de Assis", de Roberto Schwarz. Para isso, investigaremos o ensaio de Schwarz utilizando o mesmo parâmetro interpretativo de que ele se valeu para realizar a crítica da literatura machadiana, isto é, examinando os princípios formais. Desse modo, explicaremos que a crítica estética schwarziana detém um duplo aspecto formal: 1) ela está embasada na concepção - caudatária de Lukács e Adorno - de que o romance "Memórias Póstumas de Brás Cubas" é a estilização de referências históricas; 2) ela somente se realiza por meio da forma ensaística, que Schwarz também herdou das perspectivas metodológicas lukacsiana e adorniana.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)