Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudos estruturais e funcionais da proteína repressora phoU na sinalização de transporte de fosfato em Xanthomonas axonopodis pv. citri

Processo: 15/18712-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2016
Vigência (Término): 31 de outubro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Andrea Balan Fernandes
Beneficiário:Pamela de Oliveira Pena
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/20468-1 - Modelos biológicos de interação planta-patógeno para o entendimento de mecanismos de patogenicidade e adaptação de fitobactérias, respostas de defesa e desenvolvimento de doença em citros, AP.TEM
Assunto(s):Xanthomonas citri   Elementos estruturais de proteínas   Fosfatos

Resumo

Fósforo é o quarto elemento mais importante para o desenvolvimento celular ligado à biossíntese de moléculas, fosforilação e produção de energia. Em Escherichia coli sua regulação é realizada através do regulon Pho, um conjunto de operons capazes de codificar proteínas de sensoriamento, como o sistema dois componentes PhoR/PhoB, e proteínas transportadoras do tipo ABC, como o sistema Pst (Phosphate Specific Transport). Dentre as proteínas de importância para o regulon Pho está a proteína repressora PhoU, que é responsável pela modulação/sinalização destes sistemas. Ortólogos de PhoU de microrganismos diversos tiveram suas estruturas tri-dimensionais resolvidas com o intuito de determinar seu mecanismo de ação. Não existe, porém, nenhum dado estrutural ou funcional de PhoU em patógenos de plantas, como Xanthomonas axonopodis pv. Citri, microrganismo causador do cancro cítrico e responsável por significativas perdas econômicas. Em trabalhos recentes, nosso grupo tem caracterizado proteínas do transportador ABC Pst bem como demonstrado a presença do sistema dois componentes e sua importância nos processos de crescimento, infecção e patogênese de X. citri em plantas de Citrus sinensis. Dando continuidade a estes estudos, este projeto visa compreender a função de PhoU em X. citri por meio da caracterização funcional e estrutural desta proteína. Pretende-se resolver sua estrutura tri-dimensional por cristalografia e avaliar a interação com a proteína quinase PhoR utilizando métodos biofísicos e espectroscópicos.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
PENA, Pamela de Oliveira. Estudos estruturais e funcionais da proteína repressora PhoU na sinalização de transporte de fostato em Xanthomonas axonopodis pv. citri.. 2018. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.