Busca avançada
Ano de início
Entree

Dinâmica populacional do Camarão "Barba-ruça" Artemesia longinaris (bate, 1888) (Crustacea, Decapoda, Penaeidae) em dois períodos distintos (intervalo de 20 anos) no litoral Sudeste do Brasil

Processo: 15/13607-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2016
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Zoologia Aplicada
Pesquisador responsável:Adilson Fransozo
Beneficiário:Camila Hipolito Bernardo
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Pesca

Resumo

O aumento da frota pesqueira e a consequente diminuição dos estoques de camarões considerados mais rentáveis comercialmente, ocasionaram uma expansão na exploração de outros camarões como a Artemesia longinaris. Este camarão possui distribuição restrita ao Atlântico Ocidental, do Rio de Janeiro (Brasil) até a Argentina, podendo ser capturado a partir de águas rasas até 30 metros. Sendo esses camarões animais bentônicos a utilização da pesca de arrasto pode gerar diversos impactos sobre esse ecossistema. O presente estudo visa comparar, a dinâmica populacional da A. longinaris, em dois períodos (Novembro/1988 a Outubro/1989) e (Novembro/2008 a Outubro/2009) na Enseada da Fortaleza, situada em Ubatuba, litoral Norte de São Paulo. As coletas foram realizadas mensalmente em 7 transectos, durante um ano em cada período utilizando um barco de pesca camaroeiro com redes de 3 metros de abertura da boca e com malha de 20 mm entrenós e 15mm na panagem. Após cada arrasto os animais foram acondicionados em caixas térmicas para posteriormente serem identificados, contados, medidos e classificados quanto ao estágio de desenvolvimento das gônadas, em laboratório. Em cada transecto foram coletadas amostras de água para mensurar a temperatura de fundo, temperatura de superfície, salinidade de fundo e de sedimento para verificar teor de matéria orgânica e phi. Os dados serão analisados para definir padrões de distribuição espaço-temporais, influências de fatores ambientais sobre os padrões de distribuição dos indivíduos, estrutura populacional, proporção sexual e recrutamento. Esse estudo poderá avaliar as condições da espécie, em um intervalo de vinte anos, e incrementar medidas de gestão e manejo, com o objetivo de preservar os estoques naturais.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BERNARDO, CAMILA HIPOLITO; SANCINETTI, GUSTAVO SERGIO; DE SOUSA, ALINE NONATO; DA SILVA, THIAGO ELIAS; DA COSTA, ROGERIO CAETANO; FRANSOZO, ADILSON. Reproduction of the South American endemic shrimp Artemesia longinaris in a marine protected area. INVERTEBRATE REPRODUCTION & DEVELOPMENT, v. 62, n. 4, p. 229-238, 2018. Citações Web of Science: 0.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BERNARDO, Camila Hipolito. Dinâmica populacional do camarão “barba-ruça” Artemesia longinaris Spence Bate, 1888 (Crustacea, Decapoda, Penaeidae) em dois períodos distintos (intervalo de 20 anos) no litoral sudeste do Brasil. 2017. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Botucatu)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.