Busca avançada
Ano de início
Entree

Prevalência e fatores associados ao fenótipo "obesidade metabolicamente benigna" em uma população de crianças e adolescentes obesos atendidos na Liga de Obesidade Infantil do HC-FMUSP

Processo: 15/23559-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2016
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Medicina Preventiva
Pesquisador responsável:Beatriz Helena Carvalho Tess
Beneficiário:Nivea Fazanaro Marra
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Prevalência   Obesidade pediátrica   Epidemiologia   Obesidade metabolicamente benigna   Síndrome metabólica

Resumo

Introdução: Estudos internacionais têm classificado a obesidade em diferentes fenótipos antropométrico-metabólicos considerando o perfil metabólico associado ao valor do índice de massa corporal (IMC). Nessa nova classificação, tem chamado a atenção o fenótipo "obesidade metabolicamente benigna - OMB", quando parâmetros clínicos e laboratoriais estão dentro da normalidade. Estudos recentes observaram que a prevalência da OMB em crianças e adolescentes varia de 25 a 68%. No Brasil não foram encontrados, até a presente data, estudos que objetivaram avaliar a prevalência da OMB na população pediátrica. Objetivos: Estimar a prevalência do fenótipo OMB em uma população de crianças e adolescentes obesos e investigar possíveis associações entre esse fenótipo e os fatores: sexo, idade, cor de pele, nível de escore-z para IMC, circunferência da cintura, relação cintura-estatura, circunferência do pescoço, estadio puberal, nível de atividade física, padrão nutricional, tipo de aleitamento e idade de início da obesidade. Metodologia: Estudo transversal que incluirá todos os indivíduos obesos com idade entre 6 e 19 anos que foram atendidos em consulta de triagem da Liga de Obesidade Infantil do HC-FMUSP entre 1 de janeiro de 2009 e 31 de dezembro de 2013. Estima-se que 539 pacientes sejam elegíveis para o estudo. As fontes de informações serão os formulários aplicados na consulta de triagem e o portal médico-hospitalar para os resultados dos exames laboratoriais. Resultados esperados: Estima-se que 25% dos participantes desse estudo serão classificados como portadores da OMB. O conhecimento da prevalência e dos fatores associados a fenótipos da obesidade em uma população de obesos brasileiros poderá contribuir para as discussões internacionais sobre o tema.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARRA, NIVEA FAZANARO; BECHERE FERNANDES, MARIA TERESA; DE MELO, MARIA EDNA; DA CRUZ, RODRIGO MARQUES; TESS, BEATRIZ HELENA. Fasting insulin resistance affects the prevalence of metabolically healthy obesity in Brazilian adolescents. ACTA PAEDIATRICA, v. 108, n. 7, p. 1295-1302, JUL 2019. Citações Web of Science: 2.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MARRA, Nivea Fazanaro. Prevalência e fatores associados do fenótipo \obesidade metabolicamente benigna\ em uma população de adolescentes obesos atendidos na Liga de Obesidade Infantil HC-FMUSP. 2018. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina (FM/SBD) São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.